CIAMAPelo oitavo ano consecutivo, a Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama) recebeu a certificação ISO 9001 e ISO 14001. O anúncio foi feito na tarde desta sexta-feira, dia 8, pelo auditor líder Eder Fragata, da Tüv Rheinland, organismo certificador internacional. Isso significa que além de obter excelência na prestação dos serviços, a Companhia tem consciência e preocupação ambiental, sendo a única instituição do Estado e a segunda instituição do Brasil – ligada a Governo Estadual – a obter a dupla certificação.

Com a manutenção dos certificados, a Ciama garante a excelência na elaboração de estudos e projetos técnicos de engenharia, voltados ao desenvolvimento socioeconômico e sustentável do estado do Amazonas, respeitando o meio ambiente, minimizando os impactos ambientais, com cumprimento da legislação ambiental aplicável, objetivando a satisfação dos clientes.

Durante a reunião de encerramento, o presidente da Ciama, Aluízio Barbosa, agradeceu o empenho de todos os funcionários para manter o sistema de gestão integrado dentro das normalidades em atendimento tanto às normas da ISO 9001 quanto da ISO 14001. “O atendimento a estas normas beneficia tanto os municípios e cidadãos que a Ciama atende por meio de criação e implementação de projetos de desenvolvimento, quanto o próprio meio ambiente, quando nos preocupamos com a preservação ambiental”, destacou.

Na oportunidade, o auditor da Tüv Rheinland, Eder Fragata, pontuou que apesar da Companhia já apresentar um sistema maduro, não significa que seja fácil de gerir. “São duas normas, o que gera mais cuidado, mais empenho dos responsáveis pelos processos e mais recursos para cumpri-las”, disse.

Qualidade e Ambiental – A ISO 9001 representa o foco na satisfação do cliente e de melhoria contínua no processo produtivo, operando em um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ). A ISO 14001 é uma norma de aceitação internacional que define os requisitos para estabelecer e operar um Sistema de Gestão Ambiental (SGA), baseando-se em política ambiental, planejamento, implementação e operação, verificação e ação corretiva, e análise crítica pela Alta Administração.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/CIAMA

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Jornal de Humaitá
Comments are closed.

Leia mais

Criação de RDS do Rio Manicoré depende apenas de decisão do governo

“A criação da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Manicoré depende agora m…