polícia-marte
Foto: INDEMBERG CAVALCANTE/SSP-AM

Órgãos do Sistema de Segurança Pública de Manaus realizaram, na tarde desta quinta-feira (28), a vistoria e o lacre dos Centros Oficiais de Treinamento da cidade.

A ação faz parte dos protocolos que devem ser seguidos dentro da Operação Integrada Jogos Olímpicos 2016 no Amazonas, da qual participam 35 órgãos das forças federais, estaduais e municipais, divididos nos eixos Defesa, Segurança e Inteligência.
A fiscalização foi coordenada pela Central Integrada de Defesa Química Biológica Radiológica e Nuclear (DQBRN), composta pelos Grupamentos Marte da Polícia Militar e pelo Antibomba do Exército Brasileiro, em parceria com o Corpo de Bombeiros, que vistoriou as estruturas dos locais. A ação contou também com cães farejadores e equipamentos de identificação de objetos suspeitos e artefatos explosivo.
De acordo com o secretário executivo adjunto de Planejamento e Gestão Integrada da SSP-AM, coronel Dan Câmara, o procedimento segue protocolo padrão internacional. “Um grande  evento como as Olimpíadas requer ações como essa, para garantir um ambiente seguro e saudável a todos os envolvidos na operação”, afirmou.
Câmara destacou que a ação preventiva visa garantir a segurança de todos os que estarão presentes nos locais de treino. Após a vistoria, os Centros passam a ter segurança permanente 24h por dia, pública e privada.
faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Leia mais

Criação de RDS do Rio Manicoré depende apenas de decisão do governo

“A criação da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Manicoré depende agora m…