Amazonas

Projeto da rede pública estadual do Amazonas é apresentado em congresso realizado em São Paulo

Projeto da rede pública estadual do Amazonas é apresentado em congresso realizado em São Paulo

Na última semana, o professor doutor em Matemática e técnico da Gerência de Ensino Médio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Aldemir Malveira, defendeu o seu artigo intitulado “A utilização do iniciador do Google como ferramenta no processo avaliativo em Matemática – uma experiência no Amazonas, região Norte do Brasil”, na Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul), em São Paulo.

O evento foi realizado entre os dias 13 e 16 de julho e teve como tema “A educação na contemporaneidade: desafios e possibilidades”.

O trabalho desenvolvido pelo professor Aldemir Malveira é um relato de experiência que teve como objeto de estudo um experimento com o formulário do Google como ferramenta capaz de avaliar as habilidades cognitivas dos alunos. A metodologia é parte do projeto “Amazonas + Conectado”, ação do Governo do Estado, via Seduc, que visa fomentar o uso de novas tecnologias no ensino. O projeto soma-se a ações como a disponibilização de notebooks e tablets para uso pedagógico de professores, expansão da conectividade nas escolas da rede estadual, disponibilização de modems digitais para os docentes, dentre outras providências.

O experimento do professor Aldemir foi aplicado com 250 alunos do 1º período dos cursos de Engenharia, Ciência da Computação e Sistema de Informação da Fundação Centro de Análise e Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), para quem ministra aulas da disciplina de Introdução ao Cálculo.

Esse formulário é um aplicativo online do Google que o professor pode utilizar como método de avaliação e serve também para mensurar a quantidade de erros e acertos em questões relacionadas aos conteúdos considerados de maior dificuldade para os discentes.

No experimento, professor Aldemir elaborou 10 questões no formulário do Google relacionadas aos conteúdos considerados com maior dificuldade pelos alunos, tendo as respostas e correção em tempo real, otimizando a devolutiva das questões para os discentes e conhecendo a situação do aluno em relação aos conteúdos.

“Elaborei as questões e apliquei com os alunos para identificar as reais dificuldades deles, os estudantes respondem e sabem as respostas das questões na mesma hora e ficamos sabendo das estatísticas em tempo real e assim conhecemos a situação deles e acompanhamos o progresso deles”, explicou o professor.

Ainda segundo o professor, os alunos apresentavam dificuldades em alguns conteúdos e o uso dessa metodologia foi um meio de tornar o estudo da Matemática mais atrativo, além de promover resultados bons e promissores para o desenvolvimento cognitivo dos alunos.

“Esse formulário do Google tem contribuído com o aprendizado dos alunos e é uma ferramenta interessante que coloca nas mãos do professor um instrumento contemporâneo para mensurar o nível cognitivo dos alunos através desse formulário online. Essa experiência torna-se eficiente quando o professor recorre aos dados estatísticos da ferramenta, tendo também maior facilidade para acompanhar a situação dos alunos”, explicou o professor.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/SEDUC

Comentários

Comentários

Amazonas

More in Amazonas

​Editora Leya Realiza evento em Manaus para debater Universos Literários

Jornal de Humaitá17 de outubro de 2017

Nova Aripuanã: Vereador é feito refém com a família e filho é ferido durante crime

Jornal de Humaitá14 de outubro de 2017

População obriga Piratas comerem lama após roubo

Jornal de Humaitá3 de outubro de 2017

Governador prestigia Festival Folclórico de Nova Olinda do Norte e visita obras no município

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Vereador denuncia atraso no pagamento do Tratamento Fora do Domicílio

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Comissão da Aleam aponta ‘vilões’ do entrave turístico de Manicoré 

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Dermilson Chagas discute demanda para o município de Borba

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Governador entrega trecho de 15 quilômetros da Rodovia Manoel Urbano e libera passagem de nível na Avenida das Torres

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Jogos Psicomotores das escolas da CD5 reúne escolas da Zona Leste para uma manhã de atividades

Jornal de Humaitá28 de setembro de 2017