Como psicólogo sou questionado sobre o comportamento humano e comumente se as crenças populares são verdadeiras. Dentre elas as referentes ao relacionamento amoroso e ao sexo estão entre as mais questionadas. Uma vez um jovem cliente me questionou o que ele poderia fazer para conquistar sexualmente sua namorada. Isto me motivou a fazer uma pequena pesquisa entre clientes e mulheres que participavam de grupos em quais coordenava e o questionamento era o que a deixava mais propícia ao sexo junto ao seu companheiro. Em resumo foi possível agrupar as respostas em três pontos:

A importância de detalhes carinhosos: Desejava sentir-se especial, a partir de pequenos cuidados durante o dia: um bilhete, uma mensagem, uma flor, um beijo ardente de bom dia, um abraço que a faça sentir-se viva, mostrasse que ela, entre milhares de outras, era a escolhida. E que esses mimos, fossem expostos de forma que a fizesse pensar com carinho no outro durante todo o dia.

Fundamental sentir-se escutada: poder falar dos seus projetos, do seu trabalho, dos seus estudos, saber que está sendo valorizada como pessoa. Perceber que o companheiro está também enxergando sua alma, seu conjunto de valores, conhecimentos e projetos que desenvolve no mundo. Que é considerada como mulher, como cidadã, com alguém que decide e é levada em consideração. Sentir que o companheiro tem orgulho dela.

Escutar coisas bonitas a seu respeito e que não sejam falsas. A mulher já é crítica e detalhista, não precisa alguém ficar apontando seus defeitos; por si só sabe distinguir e já se incomoda o suficiente para mais alguém apontar algum defeito. Mas quer sim escutar que é bonita, quer sentir que é atraente ao outro, que é desejada, que excita o outro. Porém quer saber isso através de atitudes, por carícia, por frases que a faça desejar continuar na relação. Quer ter confiança em si através do seu corpo, saber que o outro se excita como ela é. Que a faça ter certeza que essa relação vale a pena.

Tendo essas três coisas, o sexo vem naturalmente. Quem concorda compartilha, quem discorda deixe sua contribuição.

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Opinião
Comments are closed.

Leia mais

Quer atrair um grande amor?

No relacionamento amoroso não são os apostos que se atraem, mas as afinidades. Seja aquilo…