Plano Integrado para jogo Brasil x Colômbia
Plano Integrado para jogo Brasil x Colômbia. Foto: Joel Arthus

O Plano Tático e Integrado de Segurança para o Jogo Brasil x Colômbia, no dia 6 de setembro, na Arena da Amazônia, em Manaus, foi apresentado nesta terça-feira (30) por representantes dos órgãos das esferas estadual e municipal envolvidos na organização do jogo, válido pelas eliminatórias da Copa do Mundo FIFA 2018. Já foram vendidos 33 mil ingressos.

Apresentado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no bairro Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus, o Plano define as atribuições de cada uma das instituições na segurança do evento, que envolve 30 órgãos e mais de 1,5 mil servidores. As ações são coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Segundo o secretário executivo-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada da SSP-AM, coronel da Polícia Militar do Amazonas, Dan Câmara, o Plano Tático seguirá o modelo aplicado na Copa do Mundo 2014 em Manaus.  “Mantemos um Plano similar de integração, pois o jogo é um evento com os mesmos moldes de organização da Copa. Essa integração visa assegurar a tranquilidade da população e de turistas no dia 6 de setembro na Arena da Amazônia, funcionando como um apoio para garantir a ordem pública”, explicou o coronel.

O objetivo do Plano é proporcionar segurança integrada aos envolvidos no evento, por intermédio de ações de prevenção, policiamento ostensivo e pronta resposta, necessários à realização do jogo. A segurança contempla escolta de delegações, segurança nos hotéis, centros de treinamentos, Arena da Amazônia e adjacências, bem como o treino aberto da Seleção Brasileira no dia 3 de setembro na Arena, para o qual são aguardadas mais de 20 mil pessoas.

O jogo Brasil x Colômbia também contará com a instalação de câmeras nos perímetros interno e externo do estádio, onde interoperará em tempo real com o Sistema Integrado de Comando e Controle. Serão instalados na Arena da Amazônia o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, Local (CICC-L) e a Plataforma de Observação Elevada (POE).

Participam da operação os representantes dos órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública (Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Detran-AM, DPTC, SSP-AM), Secretaria de Estado da Juventude Esporte e Lazer (Sejel); Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans); Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos – SEMASDH; Sub Secretaria Municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento  (Subsempab);  Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU); Conselho Tutelar; Vigilância Sanitária de Manaus – VISA Manaus, entre outros.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Leia mais

Criação de RDS do Rio Manicoré depende apenas de decisão do governo

“A criação da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Manicoré depende agora m…