Um dos maiores eventos de Muay Thai da região Norte, o “Rei do Ringue 2”, colocou em combate no fim da noite do último sábado, dia 13, promessas e lutadores experientes na Arena Amadeu Teixeira, localizada no bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus.

Com um ringue montando dentro do principal templo do esporte amazonense, uma atleta de 19 anos chamou atenção. Nascida em Eirunepé, distante a 1.160 quilômetros de Manaus, Joice Tabosa (da Nonato Muay Thai) não deu espaço e dominou a rival da equipe “Team Vasconcelos”, Rossicleia Silva, na categoria 54,900kg. “Cada luta é uma luta. Na hora, eu vejo o que vou fazer, o que dá para entrar e o que não dá. Estou dando o melhor de mim”, comemorou a atleta que há quatro meses mudou para Manaus e chega à terceira luta na carreira de forma invicta.

A lutadora também já pensa no maior evento de MMA do planeta. “Dia 22 já luto em um evento de MMA aqui em Manaus e se Deus quiser mais na frente um UFC”, contou a atleta esbanjando um enorme sorriso.

Na categoria 52,900 kg, o cinturão da noite ficou com o experiente Caio Roberto. O lutador da “SD System” venceu por decisão unânime dos juízes Jhonatan Silva da equipe Nonato Muay Thai. “Vim aqui pra lutar, dar show e vencer. Quero agradecer a todos da minha academia, a minha torcida. E que cada vez mais o Muay Thai cresça na cidade de Manaus. Só tenho a agradecer e vou ficar com esse cinturão até o próximo Rei do Ringue no ano que vem”, afirmou.

Aposta do Amazonas

Aos 21 anos e somente com um ano no esporte, Ramon Costa, da “Nonato Muay Thai”, já é uma das apostas do Amazonas na modalidade. Com explosão e vontade de derrubar o oponente, o lutador fez uma luta arrasadora e venceu Gibson Teles, da “Peninha Figth”, por nocaute técnico ainda no primeiro round. “Para chegar até aqui foi uma correria muito grande. Lutei o gp (de muay thai), fiz duas lutas uma ganhei e a outra perdi porque estava muito cansado e o Rômulo Bonates (presidente da Federação Amazonense de Boxe Tailandês (FABT)) me convidou para lutar o Rei do Ringue. Tive que sair dos 90 quilos para lutar na categoria 80 quilos. Minha esposa ainda passou mal e quase não luto. Agora estou com cinco lutas e três vitórias”, comemorou Ramon, revelando a participação em duas lutas de MMA nos próximos dias, uma na capital e outra em Roraima.

FOTOS: ANTONIO LIMA/SEJEL

Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Acidente
Comentários estão fechados.

Verifique também

Movimento Transparência Partidária entregam petição para Gilmar Mendes

O Movimento Transparência Partidária em parceria com outras 18 organizações entregou esta …