A Polícia Civil do Amazonas, por meio dos delegados Ivo Martins e Luiz Rocha, respectivamente titular e adjunto da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), falou na manhã desta sexta-feira, dia 23, durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da Delegacia Geral, zona Centro-Oeste, sobre as prisões de Gerson Santos dos Santos, 22, e Ualisson Neves Carneiro, 27, conhecido como “Magrelo”, envolvidos no homicídio do autônomo Jaisson Miranda da Silva, ocorrido no dia 21 de agosto deste ano, na zona Norte da capital. A vítima tinha 31 anos.

De acordo com o titular da DEHS, Gerson foi preso na manhã de ontem, dia 22, por volta das 10h, no prédio da unidade policial, na zona Leste, enquanto prestava esclarecimentos sobre o caso. Ualisson foi preso pela equipe da especializada na casa onde morava, localizada na Rua P do conjunto Canaranas, bairro Cidade Nova, zona Norte. Os mandados de prisão em nome de Gerson e Ualisson foram expedidos no dia 15 de setembro deste ano, pela juíza da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, Mirza Telma de Oliveira Cunha.

Ao longo da coletiva de imprensa o delegado Ivo Martins ressaltou que um rapaz identificado como Leandro de Souza, chamado de “Chupeta”, está sendo procurado pelas equipes DEHS por envolvimento no homicídio do autônomo, ocorrido em um bar localizado na avenida Camapuã, bairro Cidade Nova, zona Norte. A autoridade policial discorreu sobre a motivação do crime.

“Jaisson estava envolvido com o tráfico de drogas naquela região da cidade e, em função de uma dívida não quitada, o homem responsável pelo tráfico no lugar ordenou que Gerson, Ualisson e Leandro matassem o autônomo. As imagens do vídeo do circuito interno de segurança do estabelecimento comercial onde aconteceu o delito mostram o momento em que o trio chegou em um carro modelo Etios, de cor branca, que pertence ao pai de Gerson, ao bar onde a vítima estava. Gerson ficou esperando dentro do automóvel, enquanto Ualisson segurava Jaisson para que Leandro, em posse de uma faca, desferisse golpes no autônomo”, explicou Martins.

Conforme o delegado Luiz Rocha, a vítima chegou a ser socorrida e encaminhada a um hospital da cidade, mas faleceu naquele mesmo dia. O adjunto da DEHS informou, ainda, que em consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) foi constatado que Ualisson já tinha passagem pela polícia. “Ualisson, que participou ativamente do homicídio, impossibilitando a defesa da vítima, já responde por roubo, furto, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo”, enfatizou.

A dupla foi indiciada por homicídio qualificado e ao término dos procedimentos cabíveis na especializada Gerson e Ualisson serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irão permanecer à disposição da Justiça. Quem puder colaborar com informações que levem ao paradeiro de Leandro, entrar em contato com a equipe da DEHS pelos números do disque-denúncia da especializada: (92) 99176-9548 ou 3636-2874.

“Também disponibilizamos o 181, o número da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM)”, declarou Ivo Martins. Para concluir, o delegado assegurou que a identidade dos informantes será preservada.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Destaque
Comentários estão fechados.

Verifique também

Saiba 10 dicas de economia para as compras de Natal

Aproveite as férias com as contas em dia A data mais importante para o comércio, o Natal, …