A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou, no domingo (2), um homem que estava realizando o transporte ilegal de eleitores para os locais de votação. A ação aconteceu as 16 horas e 38 minutos.

Ao abordar o veículo VW/Saveiro CD, conduzido por um homem de 34 anos de idade, em frente a uma zona eleitoral, os policiais constataram o transporte de quatro passageiros. Ao ser indagado, o motorista admitiu realizar o transporte de eleitor em nome do seu irmão, que é candidato nessas eleições e que além daqueles, já havia transportado outros eleitores naquele mesmo dia. Dentro do veículo foi encontrada uma lista contendo a relação dos locais de votações e seções eleitorais, além de duas bandeirolas de campanha do candidato proprietário do veículo. Configurado, em tese, o delito de “Promover, no dia da eleição, com o fim de impedir, embaraçar ou fraudar o exercício do voto a concentração de eleitores, sob qualquer forma, inclusive o fornecimento gratuito de alimento e transporte coletivo”.

Diante dos fatos, o motorista recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia da Polícia Federal.

Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Jornal de Humaitá
Comentários estão fechados.

Verifique também

MPT encontra indícios de demissão discriminatória por idade na Estácio de Sá

Levantamento feito em uma lista de 77,8% dos professores dispensados mostra que eles têm m…