Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Futebol de Mesa esteve em alta neste domingo, 16, e reuniu 35 botonistas no estádio Carlos Zamith (Coroado) para disputar o Torneio Memorial Jefferson Marques, que homenageou o precursor  da modalidade no Amazonas na década de 80. Tomados de muita emoção, os participantes deram show a cada rodada e Ulisses Monteiro, da equipe Banca Forte, foi o grande vencedor do campeonato que recebeu apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Para ocupar o lugar mais alto do pódio, Ulisses disparou nos lances e venceu com vantagem, 7×3, a final disputada com Marlon Maior. Assim, o  segundo lugar do Torneio ficou com Marlon, da equipe Vermes, enquanto que o terceiro foi faturado por  Winnetou Almeida, da  equipe Banca Forte, que chegou a empatar com o adversário  Salomão Castro, em 4×4, mas que por realizar a melhor campanha, teve direito a medalha de bronze.

O Campeonato possibilitou os três primeiros lugares a pontuar no ranking estadual. Para o botonista de ‘ouro’, Ulisses Monteiro, a disputa apesar de difícil, revela que estão sendo formados bons competidores, o que valoriza a modalidade.

“Não foi fácil vencer hoje, mas me concentrei bastante e graças a Deus conquistei o Torneio, que tem um significado muito grande para mim e tenho certeza que para todos. Não foi somente o ouro, mas também o contexto desta conquista, uma vez que é um evento que leva o nome de um dos principais pioneiros da modalidade. Uma alegria muito grande por toda esta representatividade”, destacou Ulisses.

Homenagem

A homenagem a Jefferson Marques não ‘parou’ na competição, que vai se tornar anual. Pelo contrário, foi eternizada, pois o nome do precursor foi dado à sala do Estádio que recebe as competições do futebol de mesa.

“No futebol de mesa você consegue sonhar e juntar um time como se fosse dentro do campo. Esse torneio memorial Jefferson Marques entra para o nosso calendário todo ano. Além disso, o evento foi super emocionante, pois recebemos o filho do seu Jefferson, Sérgio Luiz, e agora o nosso mestre tem um lugar que leva o seu nome, que é considerado a casa do futebol de mesa no Amazonas”, destacou Winnetou Almeida, que também é assessor da Associação Manauara de Futebol de Mesa (AMFM).

Segundo o presidente da AMFM, Marcos Souza  a ideia agora é ‘semear’ e criar um projeto voltado para levar a modalidade nas escolas.  “Queremos realizar o sonho do grande Jefferson Marques e iniciar um projeto nas escolas, que vai levar o nome dele, mas também o conhecimento da modalidade, a técnica e ainda disseminar um torneio um interestadual no Estado” contou.

A solenidade da entrega dos troféus aos vencedores fechou com chave de ouro com o agradecimento de um dos filhos de Jefferson Marques,  falecido em julho deste ano. Em discurso, Sérgio Sousa destacou a importância de prestigiar a comemoração que consagrou o trajeto do pai no futebol de mesa.

“Aquilo que fizemos por algo ou alguém, é tudo que a gente deixa quando vai. Passamos a vida deixando marcas nos trajetos que fazemos e  meu pai fez isso de várias formas. Temos uma história dentro do futebol de mesa, nós sabemos a paixão que ele tinha por esse esporte, uma paixão  que ele passou para nós. Meu pai se encantou pela modalidade e trouxe para os filhos, quero agradecer pela homenagem ao velho Jefferson” destacou aquele que agora também é responsável por escrever a história do esporte.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Leia mais

CMM decide comprar equipamentos de rádio para não perder canal FM

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Wilker Barreto (PHS), confirmou, na manh…