O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. Foi criado em 2003 e instituído em âmbito nacional mediante a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, sendo considerado feriado em cerca de mil cidades em todo o país e nos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro por completo através de decretos estaduais.

A Associação de Capoeira Arte Revelação, realiza desde o ano de 2010 a caminhada de conscientização racial que esse ano de 2016 entra para a 6ª edição com o TEMA: A CONTRIBUIÇÃO DO NEGRO NA SOCIEDADE BRASILEIRA, no dia 18 do mês de novembro, com o objetivo de sensibilizar as crianças, adolescentes, jovens e adultos da rede pública de ensino, bem como a comunidade em geral, para despertarem no que tange a contribuição da cultura negra, na construção da cultura brasileira, que está enraizada no cotidiano do brasileiro, mas que não é identificada, e muitos não se sentem parte dessa descendência, chegando a origem com preconceito, negando a cultura negra.

A Associação de Capoeira Arte Revelação, durante o ano faz visita mostrando para cada escola separadamente tirando dúvidas, dando ideias, dividindo os tema, fazendo um corpo á corpo com o corpo docente das escolas envolvidas dividindo os temas interdisciplinarmente com todas fazendo palestras com a turmas envolvidas e tirando dúvidas e expandindo esse tema tão importante para o restante da cidade, a expectativa esse ano é de 5 mil estudantes.

Nesse ano de 2016 os subtemas serão desenvolvidos a partir da contribuição do povo negro nos segmentos da dança, música, literatura, religião, esporte, ciência, folclore, culinária, artes marciais, política, cultura brasileira, estética, moda, linguagem, educação, acontecera também apresentação das escolas no palco após a caminhada, de danças, peças teatrais, musicas, declamações de poesias.

A caminhada tem como trajeto a saída em frente ao CDC da Compensa II às 16 horas, percorre as Ruas Belo Horizonte, Avenida Ciryllo Neves(rua da ponte) Avenida Brasil, Rua Belo Horizonte, Rua Manaus com término em frente ao centro de artes Irmã Yolanda Setúbal, Compensa II, e tem o apoio da Seduc, Semed, Sejusc, Unip Manaus, Arquidiocese de Manaus, Instituto Acariquara, Polícia Militar e Manaustrans.

Por: Alessandro Cavalcanti

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comentários estão fechados.

Verifique também

Sargento Bentes Papinha cobra mais segurança nas escolas

Na manhã desta sexta-feira (15), o vereador Sargento Bentes Papinha reuniu-se com diretore…