Investimentos nestas áreas já alcançam os R$ 35 milhões e ações foram apresentadas no I Workshop Amazônia

O Governo do Amazonas via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) já investiu quase R$ 35 milhões em inovação para alavancar o empreendedorismo no Estado nos últimos anos. O número foi apresentado na manhã desta sexta-feira (18), durante a palestra “Transformando Ideias em Negócios para o Desenvolvimento do Amazonas”, ministrada pela diretora técnico-científica da Fapeam, Andrea Waichman, no 1º Workshop Amazônia: Empreendedorismo e Meio Ambiente, realizado na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Durante o evento, Waichman falou sobre as ações da Agência de Fomento no apoio à inovação e ao empreendedorismo no Amazonas e ressaltou que a instituição atua no fomento à pesquisa cientifica, ao desenvolvimento tecnológico, à inovação e à formação de recursos humanos como eixos transversais para o desenvolvimento social e econômico sustentável.

“Para cumprir nossa missão, precisamos de pessoas formadas e capacitadas. E para isso, precisamos fazer pesquisa, inovação e cooperar internamente, nacionalmente e internacionalmente. Nós precisamos transformar o conhecimento em riqueza e acelerar o processo de inovação para reduzimos a distancia que temos do nosso país com os países industrializados”, enfatizou.

De acordo com a diretora técnico-científica, a Fapeam cria condições financeiras favoráveis por meio de recursos de subvenção econômica para o crescimento rápido de empresas, apoiando financeiramente os componentes do sistema local de inovação. A exemplo, ela citou o Programa de Subvenção Econômica à Inovação Tecnológica em Micro e Pequenas Empresas no Estado do Amazonas (Tecnova Amazonas) desenvolvido pela Fapeam em parceria com a Agência Brasileira de Inovação (Finep), que já investiu por meio de subvenção R$ 8,5 milhões no apoio a 26 empresas do Estado.

Outra ação que Andréa Waichman citou é o Sinapse da Inovação. O programa desenvolvido pela Fapeam em parceria com a Fundação Certi, conta com um investimento do Governo do Amazonas da ordem de R$ 2 milhões, para incentivar o empreendedorismo inovador.

Lançado no ano passado, o Sinapse da Inovação recebeu mais de mil ideias de novos negócios. No total, 40 ideias foram selecionadas e receberá cada uma o valor de R$ 50 mil para transformar a ideia em negócio de sucesso.

A diretora técnico-cientifica da Fapeam também falou sobre o programa de Pós-Graduação Lato Sensu Agente de Inovação e Difusão Tecnológico (Agintec) desenvolvido pela Fapeam em parceria com a Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi) e Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti), que investiu R$ 700 mil na formação de 80 agentes de inovação.
Além da parceria realizada, durante 4 anos, com a empresa Natura, que possibilitou o treinamento “in company” de quatro agentes de inovação.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Ciência
Comments are closed.

Leia mais

Saiba o que muda com o desligamento do sinal analógico de TV

Sinal será desligado na região de Manaus em 30/5, mas o sinal digital já está disponível e…