Como parte das ações integradas para combater assaltos em linhas de ônibus em Manaus, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) realizou na noite deste domingo, (20), mais uma operação “Transporte Seguro” em bairros da zona Leste de Manaus. A Secretaria Executiva-Adjunta de Operações Integradas (Seaop) coordenou as ações nos bairros Jorge Teixeira, São José, Zumbi, Terra Nova e Tarumã.

Deflagrada no mês de julho deste ano, a ‘Operação Transporte Seguro’ está em sua quarta etapa e reforça a segurança de passageiros, motoristas e cobradores com ações em ônibus e paradas de ônibus. A operação tem reduzido gradativamente os índices de assaltos nas regiões atingidas.

De acordo com o coordenador de operações da Seaop, Paulo Martins, a zona Leste é um dos locais com maior incidência de assaltos a transporte coletivo na capital. “A partir desse mapeamento, todo o perímetro próximo às paradas de ônibus e locais onde mais se tem registro de assalto a coletivos contam com as rondas ostensivas e com operações de abordagens dentro das rotas com intuito de orientar os passageiros e motoristas”, disse.

Locais com grande circulação de passageiros foram escolhidos para as blitz. A primeira parada da operação foi no bairro Jorge Teixeira. Um a um os ônibus eram parados e vistoriados por policiais da Seaop, que orientaram os usuários do transporte. Pessoas com mochilas e em conduta suspeita foram revistadas.

As ações para combater assalto a ônibus ganharam reforço com operações nos bairros de Manaus. Além da operação Transporte Seguro, a Polícia Militar realiza a Operação Catraca, com abordagens fixas e móveis em ônibus e paradas de ônibus. O policiamento ostensivo também recebeu reforço em áreas com maiores registros de assaltos para inibir ações criminosas e dar sensação de segurança à população que utiliza esse transporte.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Cidades
Comments are closed.

Leia mais

Interdição federal e Segurança Pública do Amazonas na mira da ALEAM

Crítica à intervenção federal no Rio de Janeiro, assim como a falta de segurança pública e…