O governador José Melo anunciou na tarde desta segunda-feira, 5 de dezembro, que a 2ª parcela do 13º salário dos servidores públicos estaduais será paga nos próximos dias 14 e 15 deste mês. A medida vai injetar mais de R$ 250 milhões na economia do Amazonas, o que promete aquecer ainda mais as vendas do comércio no final de ano.

“Para o nosso governo, a garantia do pagamento do 13º salário também é a certeza de que todos os esforços ao longo deste ano valeram a pena. Enquanto a maioria dos estados brasileiros sequer sabe quando vai ter dinheiro pra isso, o Amazonas cumpre os compromissos com os servidores. É dinheiro que movimenta a economia do nosso Amazonas e garante paz e mais tranquilidade às famílias neste fim de ano”.

O pagamento é o equivalente a 70% do 13º salário, uma vez que em julho o Governo do Estado garantiu o adiantamento de 30% do valor para todos os funcionários. De acordo com o secretário estadual da Fazenda, Afonso Lobo, o pagamento dos mais de 70 mil funcionários foi possível graças à boa gestão pública feita a partir da redução de custos.

“O Amazonas foi o Estado mais afetado pela atual crise do País, uma vez que nossa economia está diretamente ligada a Zona Franca de Manaus. Porém, com a boa gestão feita pelo governador José Melo, que cortou custos, reduziu cargos comissionados e a estrutura e renegociou contratos, nós pudemos garantir o pagamento do 13º salário”, disse Afonso Lobo.

Segundo o secretário, diferente de outros Estados, com a qualidade da gestão pública, o Amazonas, além de manter a folha de pagamento em dia, também pôde honrar o pagamento das contas públicas e manter os investimentos em áreas essenciais como saúde e educação.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comentários estão fechados.

Verifique também

Saiba 10 dicas de economia para as compras de Natal

Aproveite as férias com as contas em dia A data mais importante para o comércio, o Natal, …