Acaba hoje (08) o festejo da padroeira de Humaitá-AM, Nossa Senhora Imaculada Conceição. A festa tem duração de 10 dias, começando  na segunda-feira (28 de Novembro) é termina hoje (08 de Dezembro de 2016), Durante a semana acontece uma maciça homenagem por parte do fieis a santa, a  festa religiosa e a mais esperada do calendário Católico de Humaitá-AM.

No dia 28 de Novembro, o povo católico esperou a chegada da Santa no porto de Humaitá. Em seguida, fizeram uma procissão até à catedral do município, e inicio-se as festividades que termina hoje (8) a noite, quando se encerra a festa social, missas e terços de penitências com a grande procissão nas ruas da cidade que atrai milhares de fieis.

A Policia Militar reforçou a segurança para manter a população mais segura de criminosos que se aproveitam dessas datas comemorativas para assaltar o município. De acordo com a PM o programa Ronda no Bairro voltou a funcionar normalmente desde de terça-feira (6).

Programação (08/12/2016):

17h – Acolhida
17h30 – Santa Missa Solene
-Procissão: Rua Marechal Deodoro, Rua das Flores, Avenida Brasil, Rua 05 de Setembro, Rua 13 de Maio e Praça Benjamim Constant
-Show com a Cantora Católica Fernanda Lopes
-Queima de Fogos

Você é convidado da Mãe Padroeira de Humaitá e do nosso estado do Amazonas a participar deste evento de notória importância a fé do nosso povo. (Programação/assessoria)

História

A Imaculada Conceição é, segundo o dogma católico, a concepção da Virgem Maria sem mancha (em latim, macula) do pecado original. O dogma diz que, desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Maria foi preservada por Deus da falta de graça santificante que aflige a humanidade, porque ela estava cheia de graça divina. A Igreja Católica também professa que a Virgem Maria viveu uma vida completamente livre de pecado.

Imaculada Conceição de Peter Paul Rubens no Museu do Prado.

A festa da Imaculada Conceição, comemorada em 8 de dezembro, foi definida como uma festa universal em 28 de Fevereiro de 1476 pelo Papa Sisto IV.

A Imaculada Conceição foi solenemente definida como dogma pelo Papa Pio IX em sua bula Ineffabilis Deus em 8 de Dezembro de 1854. A Igreja Católica considera que o dogma é apoiado pela Bíblia (por exemplo, Maria sendo cumprimentada pelo Anjo Gabriel como “cheia de graça“), bem como pelos escritos dos Padres da Igreja, como Irineu de Lyon e Ambrósio de Milão. Uma vez que Jesus tornou-se encarnado no ventre da Virgem Maria, era necessário que ela estivesse completamente livre de pecado para poder gerar seu Filho.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Cidades
Comentários estão fechados.

Verifique também

MPT encontra indícios de demissão discriminatória por idade na Estácio de Sá

Levantamento feito em uma lista de 77,8% dos professores dispensados mostra que eles têm m…