[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=x9l-kCb-bGQ[/embedyt]

Numa tragédia como essa do time da Chapecoense, que num instante dizimou um grupo de jogadores, juntamente com jornalistas que cobririam a final da Copa Sul-Americana, o que dizer aos familiares que ficam e se questionam o porquê? Como conviver com essa dor? A morte interrompeu os projetos de quem estava na aeronave, bem como dos familiares e de toda uma torcida que se identificava com o time, sua postura, sua garra; que pelas vitórias inspirava muita gente nas suas conquistas pessoais e profissionais. O futebol não é apenas um esporte, é uma batalha travada num campo delimitado, que representa uma guerra e transmite euforia, angustia e tristeza, todas misturadas. Não é apenas um esporte, é uma emoção que transborda e ultrapassa as fronteiras do campo, refletindo no dia-a-dia do torcedor.

Jogadores, mídia e torcedores vivem as glorias e derrotas, sentem na carne o desempenho do seu time. Mas a esperança está no próximo jogo, sempre tem a próxima partida para recuperar uma derrota. No entanto a morte interrompe, ela é o significado mais real da palavra “definitivo”, pois com ela não se consegue mais corrigir nem se alcançar os planos. Ela é implacável e destrói sonhos. E como conviver com algo que ceifa a vida de maneira tão radical?

Também não podemos esquecer que é diante da morte que nos sentimos mais vivos. É diante da morte que lutamos com todas as forças e não desperdiçamos tempo. É diante da morte que temos a dimensão do valor da vida. E é diante da interrupção da vida que convivemos com a dor da perda.

Hoje o futebol está mais triste, as torcidas estão olhando para Chapecó.  Agora é o momento de acolher, de acalentar, se encontrar um torcedor desamparado e não tem o que dizer: abrace-o, mesmo que seja em silêncio. Vai ser lembrando os feitos desses jogadores e os mantendo vivos que os homenagearemos. Diante das distâncias geográficas, as frases de apoio servem de consolo aos familiares e torcedores. Escreva aqui sua frase de apoio a todos os torcedores da Chapecoense, familiares e amigos.

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Cidades
Comments are closed.

Leia mais

Quer atrair um grande amor?

No relacionamento amoroso não são os apostos que se atraem, mas as afinidades. Seja aquilo…