A Secretaria de Estado de Saúde (Susam), através da Gerência Estadual da Rede de Atenção Psicossocial, realizou, no último sábado (3), mais uma edição do projeto SabEugênia, cujo objetivo é promover a reabilitação e reinserção de pessoas portadoras de transtornos mentais através das artes, de atividades culturais e de geração de renda.

O evento foi realizado no Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro e reuniu diversas entidades parceiras. Entre os serviços ofertados estavam a emissão de documentos (certidão de nascimento, registro geral e carteira de trabalho), exposição e venda de produtos artesanais, testagem rápida para HIV, distribuição de preservativo entre outros.

A programação também contou com atividades coletivas como as rodas de conversas sobre temas relacionados à atenção psicossocial entre eles o uso de álcool e outras drogas e a política de redução de danos, os direitos sociais e a terapia comunitária integrativa. Nas rodas de conversa participaram usuários da rede de atenção psicossocial, trabalhadores e especialistas nos assuntos abordados.

Cultura – Também foram realizadas apresentações culturais como a do Balé Folclórico do Amazonas, do grupo de capoeira e do Maracatu Quebra Muros, formado por trabalhadores e usuários do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Silvério Tundis.

A gerente estadual da Raps, Luciana Diederich, explica que esse tipo de atividade faz parte das ações de reinserção social dos pacientes portadores de transtorno mental. “Nosso principal objetivo é que os nossos usuários tenham acesso a essas atividades, se sintam motivados, acolhidos e que esse seja o princípio de uma nova postura de vida da parte deles”, declara.

Load More Related Articles
Load More In Jornal de Humaitá
Comments are closed.

Check Also

Filho ilustre de Humaitá é preso na 2º fase da operação Maus Caminhos

Manaus.  Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13) a segunda fase da Operação Maus…