Unidade referência no atendimento cardiovascular no Amazonas, a Fundação do Coração Hospital Francisca Mendes, na zona norte de Manaus, recebeu nesta terça-feira, 17 de janeiro, um novo aparelho de ecocardiograma infantil. Primeiro do modelo na região norte do Brasil, o equipamento fornece imagem tridimensional em tempo real, ampliando a capacidade de diagnóstico de doenças do coração, acelerando as indicações de tratamento e cirurgias corretivas para a cura da doença.
 
Com a nova tecnologia, crianças em fase de diagnóstico de doenças cardíacas não precisarão se submeter a exames considerados invasivos, como o cateterismo ou a angiotomografia, procedimentos que exigem anestesia geral. O ecocardiógrafo 3D permite uma interpretação mais completa do coração, com mapeamento total do órgão. Isso dá condições para os médicos identificarem as doenças e apontarem as indicações cirurgias para correção, enfatiza o cardiologista pediátrico Ronaldo Camargo. “Evita-se um procedimento invasivo através de um aparelho mais sofisticado e com capacidade de resolução maior”, disse o especialista.
Segundo o secretário de Estado de Saúde, Pedro Elias de Souza, a aquisição faz parte do pacote de investimentos na modernização da rede promovido pelo Governo do Amazonas. Somente com o novo ecocardiógrafo, R$ 329 mil foram investidos com a perspectiva de ampliar atendimentos. “O Amazonas ainda tem um índice considerável de doenças cardíacas congênitas. E esse equipamento vai permitir o diagnóstico mais preciso, o que vai auxiliar obviamente no tratamento cirúrgico, facilitar o trabalho do cirurgião”, enfatizou o secretário. Em média, 400 crianças realizam exames para identificar problemas cardíacos no Francisca Mendes. Em dois anos, 214 cirurgias foram realizadas para a cura da doença.
Para o Hospital Francisca Mendes, a Susam entregou novos monitores cardíacos e está adquirindo um novo equipamento de hemodinâmica e dois aparelhos de anestesiologia para as cirurgias de coração. “Isso vai permitir aumentar o número de cirurgias cardíacas. A ação mais importante de todas é o novo equipamento de hemodinâmica, moderno e que vai permitir dobrar a capacidade de atendimento nessa área. São procedimentos como cateterismo cardíaco, angioplastia coronariana, arteriografia de membros inferiores, arteriografia cerebral e tratamento de aneurisma, que isso seja dobrado o que vai melhorar a qualidade de atendimento à população”, destacou o secretário.
Equipagem em outras unidades – O titular da Susam anunciou que em fevereiro devem começar os serviços no Hospital Delphina Aziz, na zona norte de Manaus e disse que novos equipamentos serão distribuídos para modernização da alta complexidade. “A Fundação Cecon deve ganhar um novo aparelho de ressonância em breve e está previsto para o mês de março mais um acelerador linear, que é um aparelho de radioterapia que vai nos permitir dobrar a capacidade hoje existente lá. A partir de fevereiro já começa a funcionar, no Hospital Delphina Aziz, o Centro de Imagem que vai desafogar bastante essa fila existente, principalmente em tomografia, ressonância e Raio-X. E o passo seguinte será o início da cirurgia ortopédica, que é grande sobretudo em decorrência de acidentes de trânsito”, disse Souza.
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas
Comentários estão fechados.

Verifique também

MPT encontra indícios de demissão discriminatória por idade na Estácio de Sá

Levantamento feito em uma lista de 77,8% dos professores dispensados mostra que eles têm m…