É cada vez maior o número de mulheres que estão recorrendo a micropigmentação como alternativa para substituir a maquiagem convencional ou corrigir problemas estéticos. Sua aplicação mais conhecida é no redesenho de sobrancelhas, mais a técnica já é muito utilizada também para aumentar os lábios, camuflar cicatrizes, atenuar rugas e estrias, além de esconder vitiligo e calvície. O crescimento do uso desse tipo de tratamento também é resultado do fato de ser um procedimento rápido e eficiente que ajuda na promoção da autoconfiança e autoestima das pessoas.

“Na área da cosmética, a micropigmentação vem de encontro à necessidade de praticidade e liberdade da mulher atual que, com o procedimento, não precisa mais ficar retocando a maquiagem nos lábios, sobrancelhas ou no cotorno dos olhos, por exemplo”, explica a micropigmentadora Glauce Mello. Ela revela ainda que, no segmento de micropigmentação paramédica, as mulheres tem se beneficiado também pelas técnicas que possibilitam a camuflagem de cicatrizes e vitiligo, além da reconstituição de aréola e mamilo nos casos de reconstituição do seio após uma mastectomia.

Com duração de cerca de 2 horas, a micropgmentação é feita com agulhas e pigmentos de diferentes tipos. Ainda que o processo não seja completamente indolor, os cremes anestésicos e a habilidade da micropigmentadora podem tornar a técnica tranquila e pouco incômoda.

Outro fator que tem contribuído para a disseminação da atividade é que a carreira de micropigmentadora é extremamente promissora, pois a micropigmentação é uma especialidade que pode agregar, no mínimo, 10 vezes mais valor ao design de sobrancelha. Dessa forma, a atividade ajuda a maximizar os lucros de salões, centros estéticos e profissionais autônomos que desejam conquistar a tão sonhada independência financeira.

Em razão do grande sucesso que a técnica tem conquistado, a micropigmentação será um dos principais temas abordados do IV Congresso de Estética e Cosmética Hairnor 2017, que será realizado de 3 a 5 de junho no Centro de Convenções de Pernambuco, no Recife. “No evento, os profissionais que atuam nessas áreas vão conhecer as novas técnicas e os avanços científi­cos da área da estética e cosmética transmitidos por profi­ssionais de renome”, afirma Stanley Ataíde, coordenador do evento. O congresso acontecerá paralelamente à Feira da Beleza do Nordeste – Hairmor que reunirá cerca de 300 marcas expositoras que apresentarão os últimos lançamentos das indústrias de cosméticos com preços acessíveis.

No segmento específico da micropigmentação, as pessoas interessadas em se aprofundar no tema vão conhecer como e quando usar as diversas técnicas existentes no mercado. Outros temas que serão abordados no IV Congresso de Estética e Cosmética Hairnor 2017 os serão: Estética Íntima; Alopecia: Uma abordagem do processo e tratamentos com base na mesoterapia; Cosmiatria e cosmecêutica aplicadas a terapia facial e corporal; Tratamentos cosmecêuticos nas afecções estéticas faciais e corporais.

SERVIÇO:

Congresso de Estética e Cosmética Hairnor 2017

Informações e Inscrições: (81) 3467-6572  |  contato@hairnor.com.br

 


Jornalista

81 99707.2200 / 81 99974.8183
MG COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL
www.mgcomunicacao.com

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Beleza

Leia mais

Edições Globo Condé Nast inicia trabalho de diagnóstico ambiental com neutralização de CO2 do Baile da Vogue

Ação acontece em parceria com o Movimento ECOERA e Iniciativa Verde O Baile da Vogue, uma …