A Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (Assofermadmoré), se reuniu na manhã desta sexta-feira (19) para estudar a organização de instalação da futura equipe que estará realizando a guarda dos automóveis e motocicletas dos turistas.

A decisão foi tomada em reunião com representantes da prefeitura, União e Ministério Público Estadual  na sede do Ministério Público Federal de Rondônia (MPF/RO), na última segunda-feira (15). Preocupados com o atual cenário da segurança pública do patrimônio tombado, a associação dos ferroviários em parceria com prefeitura de Porto Velho estará cuidando do estacionamento do complexo, serviço que estava sendo prestado por pessoas ligadas ao consumo de drogas. A taxa de cobrança será um valor simbólico e todo a arrecadação será investida em plano de segurança para manter a ordem no local.

A prefeitura de Porto Velho através da Fundação Cultural (Funcultural), estará realizando encontros para movimentar o turismo e manter o espaço ocupado pela sociedade civil no geral, uma tentativa de acabar com o problema do tráfico de drogas e e assaltos no espaço turístico. Outros projetos para a cultura da Estrada de Ferro Madeira Mamoré estão sendo estudados pela equipe técnica da prefeitura, além dos futuros eventos e encontros que estarão promovendo, a população também espera rever o museu  que contra a história da lendária “Ferrovia do Diabo”  a Estrada de Ferro Madeira Mamoré o vice-presidente george telles deixou bem claro hoje em reuniao no predio do relogio a arrecadaçao sera revertida na manutençao do complexo ferroviario.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Rondônia

Leia mais

Ferroviários cobram do Iphan término de obra na ferrovia

Obra de gradeamento do complexo da estrada de ferro ainda não foi concluído O que era pra …