Não conquistar um lugar no pódio, para muitos, é motivo para lágrimas e decepções. Mas, no caso da seleção amazonense de levantamento de peso olímpico, um quarto lugar geral no Campeonato Brasileiro foi comemorado com euforia e é motivo de orgulho para a delegação. A equipe do Amazonas disputou a competição em Minas Gerais, no último final de semana, ficando atrás do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais – consideradas as principais potências do esporte no Brasil. O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), apoia a equipe que agora tem o status da quarta melhor do País.

Composta por cinco mulheres e quatro homens, o time amazonense não encontrou facilidades e teve que medir forças com atletas olímpicos e campeões internacionais, que se esforçaram para conquistar uma vaga no Pan-Americano, que ocorre nos Estados Unidos, no mês de julho. Mesmo diante de gigantes do esporte, os atletas da terrinha baré se esforçaram e somaram 36 pontos, o que rendeu o quarto lugar entre os 10 estados participantes.

“Foi uma competição muito difícil, que valia a vaga para o Pan-Americano Adulto, e que serviu como classificatória para o Mundial. Muitos atletas participaram e foi de um nível altíssimo, duríssimo, tivemos muitas dificuldades de participar com igualdade e condições com outros atletas e ainda assim ficamos somente atrás daqueles que são considerados os melhores do Brasil. Sendo assim, acredito que fizemos um excelente trabalho, que merece destaque”, afirmou o presidente da Federação Amazonense de Levantamento de Peso Olímpico (Falo), Francisco Ventilari.

Uma das responsáveis pelo feito foi a halterofilista Karol Gomes. Ao lado da colega Sylvia Ventilari, o bronze veio para Manaus depois de encontrar no meio do caminho adversárias como a carioca e quinta colocada na Rio 2016, Rosane Reis.

“Esse ano teve mais atletas competindo, porém o nosso esforço foi válido nessa competição. Não foi fácil e ficar em quarto lugar é um sinal que estamos evoluindo até chegar no primeiro lugar. Na minha categoria competir com atletas que nem a Rosane Reis, da seleção brasileira, foi uma honra para mim. Na verdade, ficar em terceiro lugar com elas está sendo algo gratificante”, contou.

Volta aos treinos – De volta aos treinos a partir desta quarta-feira, dia 17, a delegação amazonense passa a se preparar para o Campeonato Brasileiro Sub-17 e Sub-20, no mês de julho, em Minas Gerais. A meta da Falo é colocar seis representantes na categoria Sub-17 e três atletas no Sub-20.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Esporte

Leia mais

CONFIRMADO FINAL DO CAMPEONATO HUMAITAENSE DE 2017

Em reunião realizado ás 10:00 horas da manhã na sede LHDA (Liga Humaitaense de Desportos A…