Exiba imagens para confirmar leitura
Alunos da FEI desenvolvem pojetos que estimulam a Sustentabilidade e protegem o Meio Ambiente
Os trabalhos de conclusão de curso destacam geração de energia renovável, reciclagem de lixo e tratamento de águas contaminadas
Formandos do Centro Universitário FEI produziram diversos projetos de conclusão do curso, que visam melhorar e contribuir para uma sociedade mais sustentável. Entre os trabalhos de destaque está a Selecta, um protótipo de equipamento para a triagem de lixo reciclável (pré-selecionado). A máquina contém três etapas de separação, cada um separa tipos de materiais diferentes, agilizando o processo de separação de lixo e gerando empregos.

Outro grupo desenvolveu o Helios FEI, um concentrador cilíndrico parabólico capaz de gerar energia heliotérmica, que é limpa e barata. Já na área de Engenharia Química, destacam-se estudos voltados para tratamento da água, com destaque para a água ácida, bastante comum em refinarias de petróleo.

Saiba mais sobre os projetos:

Helios FEI– O projeto consiste em um concentrador cilíndrico parabólico no qual foram colados espelhos coletores utilizados para concentrar a luz solar em tubos receptores posicionados ao longo da linha focal dos espelhos que são desenhados para seguir a posição do Sol. Dentro do tubo temos um fluxo de água passando que é aquecida pela concentração de luz solar incidente. Essa mesma água quente será a fonte de energia para um “chiller” de absorção que nada mais é do que uma máquina frigorífica. A ideia é tentar substituir a eletricidade, como fonte de energia, pela enérgica heliotérmica, que é limpa e barata. Pode ser empregado em sistemas de refrigeração (geladeiras, ar condicionado, frigobar) e para sistemas de aquecimento (chuveiros e aquecedores).

Fusion – O projeto une o fornecimento de calor ao controle de sua umidade interna, oferecendo uma alternativa de fornos voltados às cozinhas e restaurantes no mercado nacional.

Selecta – O projeto é basicamente uma máquina de seleção de lixo reciclável (pré-selecionado). A máquina trabalha com duas esteiras de transporte e três esteiras de separação. O material entra na esteira de transporte e é desvinculado um do outro e arremessado para cima por bicos pneumáticos alcançando assim uma área de arrasto de ventiladores que empurram esse material para uma coifa, chegando a uma esteira de separação. A máquina contém três etapas de separação, onde cada etapa separa uma gama de material diferente.

Comparação entre os tratamentos por esgotamento e membrana para a água ácida proveniente de refinaria de petróleo – A água ácida ou sour water é um tipo de efluente bastante comum em refinarias de petróleo e contém resíduos de substâncias tóxicas. Nesse projeto, fez-se uma análise do tratamento da água ácida, comparando-se o esgotamento por vapor e a separação por osmose reversa.

Estudo da separação de fases biodiesel-glicerina da reação de transesterificação etílica – A purificação do biodiesel é uma etapa bastante importante em seu processo de obtenção. Nesse projeto, promoveu-se a separação de fases entre biodiesel e glicerina, verificando-se a eficiência do processo por meio de decantação, centrifugação e através de lavagem a com água quente.

Desenvolvimento do processo de tratamento de efluente de uma indústria de tinturaria – Efluentes provenientes de tinturaria tem grande potencial para provocar danos ao meio ambiente. Nesse projeto, desenvolveu-se uma estação de tratamento para esse tipo de efluente, promovendo-se seu posterior reuso na própria tinturaria.

Estudo da extração da quercetina a partir da cebola roxa e seu uso como conservante alimentar natural – A quercetina é uma substância antioxidante encontrada na cebola roxa (Allium Ceppa L.) e tem potencial para ser usada como conservante natural de alimentos. Nesse trabalho, foram determinadas em laboratório as melhores condições para a extração da quercetina.

Sobre o Centro Universitário FEI

Com 77 anos de tradição, o Centro Universitário FEI é referência entre as instituições universitárias no Brasil, nas áreas de Administração, Ciência da Computação e Engenharia. A Instituição, com campus em São Bernardo do Campo e na capital paulista, já formou mais de 50 mil profissionais, entre engenheiros, administradores de empresas e profissionais da área de Ciência da Computação, muitos ocupando posições de liderança nas principais empresas do País.

Mantida pela Fundação Educacional Inaciana Pe. Sabóia de Medeiros, o Centro Universitário FEI integra a Rede Jesuíta de Educação e agrega marcas históricas de instituições de ensino de São Paulo: Faculdade de Engenharia Industrial, Escola Superior de Administração de Negócios e Faculdade de Informática.

Os cursos oferecidos são Administração, Ciência da Computação e Engenharia – habilitações em Engenharia Civil; Engenharia de Automação e Controle; Engenharia de Materiais; Engenharia de Produção; Engenharia Elétrica, com ênfase em Eletrônica, em Computadores e em Telecomunicações; Engenharia Mecânica e Engenharia Mecânica com ênfase Automobilística; Engenharia Têxtil; e Engenharia Química. Oferece ainda cursos de pós-graduação lato sensu nas áreas de Tecnologia e de Administração, entre outros; mestrado em Administração, Engenharia Elétrica, Mecânica e Química; e doutorado em Administração e Engenharia ElétricAd.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Jornal de Humaitá

Leia mais

Saiba como prevenir seus eletroeletrônicos dos danos causados pelas fortes chuvas

São Paulo, novembro de 2017 – Basta o Verão se aproximar para voltar a preocupação c…