Jornal de Humaitá

Encontro de professores estimula a reflexão e práticas no ensino de artes

Encontro de professores estimula a reflexão e práticas no ensino de artes

Música, dança, artes visuais e teatro são elementos fundamentais para educação básica no País e a Secretária de Estado da Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), por meio do Centro de Formação Profissional Padre José de Anchieta (Cepan) convidou os professores da disciplina de artes da rede estadual de ensino para discutir “Por que arte?”. A formação aconteceu durante a tarde desta quarta-feira, 2, do auditório Cepan, para educadores dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental, e Ensino Médio, além dos docentes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Avançar. As escolas do interior participaram de troca de experiências por videoconferência, transmitida em tempo real pelo Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam).

Para recepcionar os professores, a Escola Estadual Lecita Campos e o Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Elisa Bessa Freire, apresentaram suas exposições de artes visuais com os temas “Cidade Sale” e “Experimentando Técnicas Plásticas”. A banda marcial da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Gilberto Mestrinho executou do Hino Nacional. Os alunos Escola Estadual Antenor Sarmento mostraram para o público todo o bailado do boi-bumbá.

A presença da arte é fundamental para a formação educacional, social e física dos alunos, e os próprios alunos falam da importância sobre a disciplina na grade curricular “Nós aprendemos a expressar nossos sentimentos através da arte, conseguimos transmitir nossas criatividades por meio da arte, e por meio das técnicas conseguimos criar coisas novas”, comenta a aluna do Ceti Elisa Bessa, Débora Lima, 13, que expressou muita imaginação e criatividade na exposição de artes visuais.

A secretária Executiva de Estado de Educação, Darcília Dias Penha, e a Adjunta Pedagógica, Luciana Lima de Brito Cáuper, estiveram presente no Encontro de Professores de Artes. “A arte dentro da escola, fica dentro do sistema educativo que permeia. Ela dá um sabor da alegria, da criatividade, da informação dentro de dessa. O momento como esse, para nós da educação, é momento de comungar, compartilhar conhecimento com os colegas, tudo aquilo que cada professor produz”, comenta a professora Darcilia Dias.

Na programação, não faltou criatividade dos professores e atuações dos alunos no palco do auditório. A apresentação teatral durante o evento veio da Escola Estadual Marquês de Santa Cruz. O grupo de teatro trouxe para o palco a Abolição da Escravatura, o responsável da encenação dos alunos foi o professor Paulo Queiroz Martins. Ele comenta da importância do encontro de professores de arte para formação acadêmica. “Para discutir e entender quais são os caminhos que estamos tomando para o ensino das artes dentro da escola. O importante é que tenhamos consciência que a arte não é entretenimento, e que ela não deve ser só uma ferramenta para datas comemorativas, mas que antes de tudo ela seja uma área de conhecimento e a gente”, opinou o professor.

A roda de conversa foi composta pela doutora Neiza Teixeira, da editora da Valer, que discutiu sobre o ‘Por que Arte? ”. A doutora Eneila Almeida dos Santos debateu sobre “A Formação do Leitor de Espetáculo Teatral na Educação Básica”, mediada por Augusto Marinho da Silva, do Cepan.

“Hoje você vê um mundo onde as pessoas consomem cada vez mais bem materiais, você se pergunta, para quê arte? Para que serve a arte? Então, eu vejo o papel da arte muito próxima da filosofia, pois ela vai fazer com que nós retornemos para o que somos, para sermos seres humanos, e nesse sentido ela é humanizada. Então minha proposta hoje para falar com os professores foi para dizer que é vital um projeto de arte na escola”, disse Neiza.

Comentários

Comentários

Click to add a comment

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Leave a Reply

Jornal de Humaitá

More in Jornal de Humaitá

Urgente! Adolescente é apreendido suspeito de homicídio em Manicoré-AM

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

José Ricardo volta a cobrar instalação da CPI da Saúde

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Safra do guaraná em Maués (AM) já rendeu 200 toneladas

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Em Manicoré, menor de 15 anos é apreendido pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e ameaça

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Polícia Militar prende homem suspeito de trocar tiros com facção rival em tapauá

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Dep. Cabo Maciel apresenta pauta de reividicação para Segurança Pública e Educação

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

3 brasileiros morrem a cada 5 minutos nos hospitais por falhas

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Urgente! Ônibus de Apuí(AM) com destino a Porto Velho (RO) capota

Jornal de Humaitá22 22America/Manaus novembro 22America/Manaus 2017

PM prende homem acusado de Latrocínio em Manicoré

Jornal de Humaitá20 20America/Manaus novembro 20America/Manaus 2017
Seja bem vindo.

Categorias

Arquivos

Copyright © 2017 Jornal de Humaitá