No período, foram realizados 52 mil pedidos de empréstimos para empreendedores individuais; nos primeiros seis meses de 2016, volume chegou a 42,7 mil

Em meio a um cenário de desafios financeiros, o brasileiro está investindo em negócios próprios e substituindo o emprego formal pelo empreendedorismo. Esta é a conclusão do Mapeamento Simplic do Crédito Online, que levou em conta a análise de mais de 441 mil empréstimos online concedidos no Brasil no primeiro semestre de 2017. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento de pessoas que utilizarão valores obtidos por meio de crédito online em investimentos próprios cresceu 21,5%, subindo de 42,7 mil para aproximadamente 52 mil clientes da plataforma.

O mapeamento sinalizou ainda uma mudança no perfil do usuário que contrai créditos pela internet no Brasil. De janeiro a junho de 2017, houve redução de 6% no número de pessoas com carteira de trabalho formal que contrataram empréstimos, enquanto, por outro lado, aumentou 5% o volume de clientes que se intitulavam “empreendedores”.

“Até o mês de maio, havia no País 33,3 milhões de trabalhadores com carteira assinada, o que representa o menor contingente desde 2012. Tendo em vista este cenário, o crédito online tem assumido de maneira gradual um papel importante como capital inicial para que o brasileiro empreenda nos mais diferentes formatos, seja para obter sua renda completa ou para complementá-la”, explica Bruno Borges, gerente de Marketing da Simplic.


Empreendedorismo por região

A região sudeste foi responsável por 47,8% dos empréstimos online solicitados com o objetivo de empreender, somando mais de 24,8 mil pedidos. Em seguida, aparece o nordeste, com 26,5%, norte (9%), sul (8,3%) e centro-oeste (8,1%).

No ranking por estados, São Paulo liderou somando mais de 14 mil pedidos de crédito concedidos, seguido do Rio de Janeiro, que teve 6,1 mil solicitações direcionadas para novos negócios.

PosiçãoEstadoSolicitaçõesPorcentagem
1São Paulo14.01827%
2Rio de Janeiro6.10511,7%
3Bahia3.8037,3%
4Ceará2.6195%
5Pernambuco2.1754,1%
6Paraná1.8713,6%
7Goiás1.8393,5%
8Pará1.8333,5%
9Amazonas1.5192,9%
10Rio Grande do Sul1.3832,6%

O microempreendedor que tem utilizado crédito online como meio de alavancar o seu negócio é composto por 52,4% de homens e 48% de mulheres, sendo que 58,6% possui ensino médio completo e 17,6%, nível superior.

Sobre o Simplic

Lançado em julho de 2014 no Brasil, o Simplic é a primeira plataforma de crédito 100% online do País. Inovadora, a ferramenta analisa dados do usuário advindos de mais de 200 fontes e é capaz de gerar uma resposta em menos de 1 segundo. Oferece empréstimos entre R$500 e R$3.500, que podem ser pagos em 3, 6, 9 ou 12 vezes, tudo de forma segura, prática e móvel. A plataforma analisa, hoje, mais de 5 mil solicitações de empréstimos por dia, somando 1 milhão de clientes no Brasil.

Sobre a Enova

Fundada em 2003, a Enova evoluiu de uma startup de Chicago, nos Estados Unidos, para uma empresa global de soluções financeiras que atua em seis países: Austrália, Brasil, China, Canadá, Estados Unidos e Inglaterra. Em 2014, lançou IPO na bolsa de valores de Nova Iorque (NYSE:ENVA). Foi uma das primeiras fintechs criadas no mundo e pioneira também no Brasil com a plataforma Simplic. Com um portfólio focado em diferentes soluções de crédito online, soma mais de 4 milhões de clientes ao redor do mundo.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Jornal de Humaitá

Leia mais

Técnicos da Susam percorrem municípios, implementando as ações do plano de reconstrução da rede de saúde no interior

Os técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) já completaram este mês 18 municípios…