Jornal de Humaitá

Plataforma de ensino lança série sobre ciborgues e limites da evolução tecnológica

Plataforma de ensino lança série sobre ciborgues e limites da evolução tecnológica

Para discutir os limites da evolução tecnológica e como ela afeta a forma que estabelecemos relações interpessoais, a plataforma de ensino Me Salva! lança a série “Ciborgues: São eles ou somos nós?". A iniciativa faz parte do método inovador de ensino que busca maneiras criativas de preparar os estudantes para as provas do ENEM e vestibulares 2017.

Dividida em cinco episódios, com os temas “Ciborgues: como chegamos até aqui?”, “Humano-Máquina: O que é, o que sou?”, “Qual o preço da tecnologia?, “O Direito das Máquinas” e “Educação, Afeto e Tecnologia”, a série terá exibição ao vivo e gratuita toda quinta-feira às 20h, no canal do Me Salva! no YouTube.

“Buscamos aproveitar a paixão dos jovens pelas séries para incentivá-los a refletir sobre temas relevantes na sociedade e, com isso, trazer o aprendizado de uma forma leve e interessante, mas ainda super efetiva”, destaca Miguel Andorffy, CEO do Me Salva!, eleito pela revista Forbes como um dos jovens mais transformadores do Brasil.

Assista o trailer de "Ciborgues: São eles ou somos nós?"

Para assistir os episódios ao vivo basta se inscrever em: http://eepurl.com/cXa3ur

Após a transmissão, os episódios ficarão disponíveis no YouTube do Me Salva!.

Sinopse:

O que é tecnologia? Como elas estão implicadas no nosso cotidiano? Você certamente conhece alguém que já fez alguma cirurgia para salvar a própria vida ou já ouviu falar de pessoas que por diversos motivos utilizam próteses de membros, mas o que acontece quando a evolução parece ultrapassar os nossos próprios limites? Será possível uma criação se tornar superior a espécie humana? O que vai acontecer quando a coisa criada se virar contra o criador? E se nós disséssemos que isso já está acontecendo hoje, nesse exato momento? Essas são algumas questões que a nova série do Me Salva! "Ciborgues: São eles ou somos nós?" irá tratar! Pensaremos como as tecnologias implicam no nosso aprendizado e na nossa forma de estabelecer relações interpessoais. Afinal, será que a tecnologia está nos levando para onde deveria?

Comentários

Comentários

Click to add a comment

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Leave a Reply

Jornal de Humaitá

More in Jornal de Humaitá

Alunos estaduais participam de mostra de alimentação saudável

Jornal de Humaitá24 24America/Manaus novembro 24America/Manaus 2017
black fridey botão

Como transformar clientes da Black Friday em defensores de sua marca?

Jornal de Humaitá24 24America/Manaus novembro 24America/Manaus 2017

Indústria automotiva precisa questionar qual será o seu papel no futuro

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Veja: Ainda dá tempo de ter o próprio negócio em 2017

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Urgente! Adolescente é apreendido suspeito de homicídio em Manicoré-AM

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

José Ricardo volta a cobrar instalação da CPI da Saúde

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Safra do guaraná em Maués (AM) já rendeu 200 toneladas

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Em Manicoré, menor de 15 anos é apreendido pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e ameaça

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Polícia Militar prende homem suspeito de trocar tiros com facção rival em tapauá

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017
Seja bem vindo.

Categorias

Arquivos

Copyright © 2017 Jornal de Humaitá