A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino SEDUC por meio da Gerência de Promoção e Valorização do Servidor (Gervs) apresentaram, no hall da sede administrativa), na Zonal Sul de Manaus, a posse dos novos memrbos do Conselho Estadual de Educação. O grupo de servidores da sede esteve presente e na oportunidade comemorou os três anos do coral “Vozes da Educação”, na tarde desta terça-feira, 29, animando os servidores e convidados durante a posse.

Como presidente do Conselho, está o titular da SEDUC, professor doutor Arone do Nascimento Bentes. Os nomeados para o conselho ocorreu por meio de decreto governamental do dia 24 de julho de 2017, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), do mesmo dia.

A ex-presidente do Conselho, Hortência Macedo da Silva, lavrou o pressente termo, no qual foi assinado pelo presidente e os senhores membros empossados, atendendo todas as formalidades legais. Todos prestaram solenidade e compromisso do bem para servir a causa da educação e do ensino.

Arone Bentes destaca que os novos empossados serão as vozes da educação no Amazonas. “Essas são as vozes que precisam ecoar, pois não é só a minha escola, não é apenas a universidade que precisa de educação, mas o nosso povo precisa pensar nisso. Que tenhamos decisões colegiais, resultado de informação, discussão e contribuição para o bem comum”.

A programação da posse contou, ainda, com os alunos do coral da Escola Estadual Sólon de Lucena, que junto ao grupo de servidores da SEDUC do coral “Vozes da Educação”, cantaram os parabéns pelos três anos de atividades do coral da instituição e fizeram uma retrospectiva com as músicas mais tocadas pelos “Vozes da Educação”.

Coral Vozes da Educação

O coral tem o objetivo de socializar, despertar a arte por meio da música, e promover e popularizar o canto coral. E proporcionar aos servidores o desenvolvimento dos seus talentos dentro do horário de trabalho.

A coordenadora do coral, Ionariellen Santos, conta do estilo musical apresentado pelo grupo. “O coral não canta aquela música mais requintada, ele canta MPB, que é um diferencial nosso. Hoje fizemos uma retrospectiva dos nossos melhores momentos que passamos, no segundo momento, fomos para temática de Luiz Gonzaga. Desde a roupa até a indumentária mudou todo o palco”. destacou a coordenadora.

A assessora do Gabinete Executivo da SEDUC e coralista, Jeane Costa Matos, 50, que participa desde o início da fundação do coral, contou que sempre foi uma vontade participar. Ela se sente recarregada nos ensaios e falou da sensação de ter cantado junto ao coral Vozes da Educação no Teatro Amazonas. “O momento que a gente vai para os ensaios a gente sai com as energias recarregadas 100% e um dos desejos do meu coração eu realizei no coral, que foi cantar no Teatro Amazonas, e mostrar aos colegas da instituição que é prazeroso, sim, cantar e encantar”, disse Jeane.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Jornal de Humaitá

Deixe uma resposta

Check Also

O Natal, crise de ansiedade e depressão

Você sabia que aumenta a incidência de casos de crise de ansiedade ou mesmo de depressão c…