No dia 01 de setembro a equipe do Projeto Arqueologia e Comunidades no rio Madeira (Porto Velho, RO),coordenado pela Profª. Dra. Silvana Zuse do curso de Arqueologia da UNIR, esteve presente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas – campus Humaitá para ministrar a Oficina “Do barro aos potes: experimentando técnicas indígenas na elaboração de vasilhas cerâmicas”, na qual os participantes puderam conhecer as cerâmicas arqueológicas da região, aproximando os participantes da longa história de ocupação indígena e da diversidade cultural existente desde períodos bastante antigos até o presente. Foram realizadas duas oficinas nos turnos matutino e vespertino, com objetivo de atender 70 participantes, entrediscentes, docentes, técnicos do IFAM e comunidade externa de Humaitá.

Essa atividade vai ao encontro do projeto (Re)Conhecendo a Cultura Afro-brasileira e Indígena do Sul do Amazonas, sob coordenação de Franciana Bonadeu, Inaê Level e Juliana Valentini. Por meio dessas atividades tem-se avançado muito no conhecimento sobre história, cultura etradições, bem como na ampliação do debate sobre o respeito à diversidade de culturas e identidades existentes na Amazônia, por meio de atividades realizadas pelos estagiários do projeto nas escolas cidade.

Por: Juliana Valentini – Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecno

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Jornal de Humaitá

Leia mais

Interdição federal e Segurança Pública do Amazonas na mira da ALEAM

Crítica à intervenção federal no Rio de Janeiro, assim como a falta de segurança pública e…