“Algumas pessoas não têm cuidado com uso destas lentes e até compartilham o acessório, podendo trazer sérios danos para os olhos”, explica especialista

No Dia das Bruxas, celebrado em 31 de outubro, a tradicional fantasia de Halloween, que era item indispensável há alguns anos, cedeu espaço para maquiagens de terror superelaboradas. Os entusiastas que celebram a data investem pesado em maquiadores especializados e produções que garantem efeitos assustadores.

Nesta época, para complementar a pintura do rosto é comum a utilização de lentes decorativas nos olhos. As cores mais pedidas para a ocasião são vermelhas, brancas e verdes. O uso indiscriminado destas lentes tem preocupado a comunidade médica, já que trata-se de um produto especial que precisa ser adquirido e usado com cautela, além de ser preciso considerar observações importantes.

Poucas horas após a aplicação, caso surja algum desconforto com uso das lentes como irritação nos olhos, coceira e ardência, o indicado é removê-las e lavar os olhos com soro fisiológico ou água filtrada. “Se não melhorar dentro de algumas horas, o ideal é procurar atendimento médico para verificar se não houve alguma alergia ou infecção”, explica a oftalmologista Fabiola Gavioli, do CBV Hospital de Olhos.

A médica, que é membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, ressaltou cinco pontos importantes que devem ser observados antes de usar a lente decorativa na produção para o Dia das Bruxas.

1- Verifique a procedência
As lentes coloridas que são usadas para festas para Halloween ou em fantasias de Cosplay são diferentes daquelas usadas para apenas mudar a cor do olho. Muitas vezes são lentes que tem uma pigmentação total da lente, tem uma cor branca, vermelha, preta e algumas até com desenhos como teias de aranha. Estas lentes muitas vezes não são produzidas por laboratórios reconhecidos e grande parte delas não têm identificação na embalagem. “Algumas entram no país até de uma forma ilegal, já que não são produtos reconhecidos e cadastrados para serem comercializados aqui no Brasil”, enfatiza a médica. Compre apenas em estabelecimentos especializados em produtos oftalmológicos.

2- Lentes são de uso individual
Muitas pessoas têm o hábito de emprestas as lentes. A lente de contato é um produto de uso individual. “Não se deve compartilhar ou emprestar. ‘Ah, peguei com um amigo que só usou uma vez no ano passado’, isso não pode acontecer. Um dos cuidados que é esquecido nesta época é o cuidado com a higiene”, exemplifica Fabiola.

3- Consulte um oftalmologista antes
Pessoas que são alérgicas podem desenvolver sensibilidade ao usar estas lentes de contato. Por isso o ideal é ir ao oftalmologista para que ele verifique a possibilidade de usar o acessório e indique a lente correta.

4- Cuidado com a maquiagem
É preciso ter atenção redobrada com a combinação entre lente e maquiagem. Para que a lente não tenha nenhum tipo de contato com a maquiagem é preciso que ela seja aplicada antes da pintura facial, deste modo é menos provável os produtos entrem dentro do olho. Na hora de remover, com as mãos limpas retire primeiro a lente e em seguida a maquiagem. Não durma com a maquiagem e a lente.

5- Prazo de validade
Não é por que você vai usar apenas em um momento ou em uma festa que não deve ter zelo ou deixar de prestar atenção nas escolhas. Observe a data de validade e como ela deve ser utilizada ou reutilizada.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Cidades
Comments are closed.

Check Also

Vulgo ‘Dois Reais’ é preso com munição cal.40 em Humaitá

Força Tática do 4°BPM (Humaitá) efetuou a prisão de Jhon Vagner Souza da Silva, 26 anos, m…