O principal suspeito de ter assassinado brutalmente a professora Keilyanne Silva Ribeiro, 28 anos, se entregou nesta terça-feira (17) na 8ª Delegacia Interativa de Humaitá. Plínio Fernandes, 29 anos, era marido da vítima.

De acordo com a polícia ele se apresentou com um advogado por volta das 14h30min na 8º D.I.H. É em seguida prestou depoimento ao delegado de plantão.

Na mesma hora populares que estavam no local enviaram áudios nos grupos de Whatsap e nas Redes Sociais chamando a população para um protesto pacífico.

Conforme a PC, a vítima foi atingida com várias facadas, inclusive a fatal, que foi no pescoço.

Plínio contínua detido na 8° D.I.H, familiares e amigo contínua acompanhado o caso.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Humaitá
Comments are closed.

Leia mais

Técnicos da Susam percorrem municípios, implementando as ações do plano de reconstrução da rede de saúde no interior

Os técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) já completaram este mês 18 municípios…