Amazonas

Maués aposta em turismo como matriz econômica

FOTOS: M. Rocha
Maués aposta em turismo como matriz econômica

A partir da segunda quinzena de novembro, o visitante que desembarcar no município de Maués (a 253 Km de Manaus) terá mais uma opção de hospedagem na Terra do Guaraná, com a implantação do projeto “Cama e Café”, voltado para o aumento da oferta de leitos para turistas, e ao mesmo tempo, gerar até 300 novos postos de trabalho diretos e indiretos, durante a temporada de verão.

Um dos principais destinos turísticos do Amazonas, Maués dispõe atualmente de 297 leitos em hotéis e pousadas. O projeto, que faz parte do Programa de Incentivo ao Turismo (Print), criado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), para transformar o setor em matriz econômica, que tem como meta oferecer mais 150 acomodações de qualidade – e a um custo menor – nas casas de moradores da cidade e das comunidades próximas.

A meta da prefeitura, que juntamente com a Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), está desenvolvendo o projeto, é que até a primeira semana de dezembro, quando acontece um dos mais tradicionais eventos do interior do Estado, a 38ª Festa do Guaraná, o “Cama e Café” esteja totalmente em curso, para atender a demanda esperada de 80 mil pessoas que devem visitar, e assistir, aos três dias de shows com atrações nacionais e regionais, torneios esportivos e participar da feira de negócios do setor primário.

“Maués tem uma vocação turística que foi muito negligenciada pelo setor público ao longo de anos, mas desde o início de 2017 estamos investindo para oferecer condições ao turista, e também aos empreendedores e artesãos, para tornar o turismo uma das principais fontes de renda e emprego no município, juntamente com o guaraná”, afirmou o prefeito de Maués, Junior Leite.

Ele também destacou que nos três grandes eventos realizados este ano – Carnaval, Aniversário de Maués e Festival de Verão – mais de 150 mil visitantes desembarcaram na cidade e nenhuma ocorrência foi registrada policial foi registrada por conta dos investimentos em segurança e na realização de cursos de qualificação e capacitação no segmento turístico.

Bed and Breakfast

O sistema “Cama e Café”, ou “Bed and Breakfast”, é um dos mais antigos modelos de hospedagem. O conceito moderno foi resgatado na Irlanda na década de 1960 e tornou-se popular em toda a Europa nas décadas seguintes, chegando logo depois a América do Norte.

No Brasil, a modalidade ganhou força a partir de 2010, principalmente no Sudeste e polos turísticos do Nordeste, com a confirmação dos grandes eventos que o País sediaria nos anos seguintes: a Copa do Mundo (2014) e os Jogos Olímpicos (2016).

Como o nome sugere, o hóspede/turista aluga um quarto na casa de um morador da cidade, onde além da acomodação, tem direito a uma refeição, geralmente o café da manhã. Segundo especialistas, a estadia “Cama e Café” chega a ser 30% mais barata que em hotéis e pousadas.

No modelo que será implantado em Maués, os moradores interessados em participar devem ter disponíveis em suas casas, quartos com cama, ar condicionado, banheiro privativo e TV, além de outros serviços opcionais. Também é necessário cadastro no Ministério do Turismo, por meio do programa Microempreendedor Individual (MEI).

“Até o final do ano, a meta é cadastrar 30 moradores, com dois a cinco leitos por casa. E além da sede, vamos avaliar a hospedagem em comunidades ribeirinhas e rurais, possibilitando ao turista vivenciar o cotidiano e as experiências das populações tradicionais da Amazônia, como a pesca sustentável e a colheita do guaraná”, acrescentou Junior Leite.

Cursos
A Prefeitura de fechou mais uma parceria importante, dentro do Programa “Maués de Mais Oportunidades”. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, juntamente com o CETAM, abriu inscrições para cursos voltados ao turismo.

São cursos como culinária regional, Informação Turística (para capacitação de guia turístico) e fotografia. São cerca de 30 vagas por curso e as inscrições podem ser realizadas na sede da Secretaria de Cultura e Turismo (SECTUR) na rua Boa Vista no bairro Ramalho Junior.

Os interessados precisam levar documentos como RG, CPF, comprovante de escolaridade e de residência. O horário de funcionamento da SECTUR é de 8h às 12h e de 14h às 17h. Os cursos começam no próximo dia 06 de novembro.

Por: Press Comunicação Estratégica

Comentários

Comentários

Amazonas

More in Amazonas

PM prende homem acusado de Latrocínio em Manicoré

Jornal de Humaitá20 20America/Manaus novembro 20America/Manaus 2017

Polícia Militar apreende contrabando de cigarros, Quelônios e cocaina em Manicoré- AM

Jornal de Humaitá20 20America/Manaus novembro 20America/Manaus 2017

PM PRENDE HOMEM ACUSADO DE ENTRAR EM SALÃO DE BELEZA E AMEAÇAR FUNCIONÁRIOS COM ARMA DE FOGO

Jornal de Humaitá20 20America/Manaus novembro 20America/Manaus 2017

Maués: Nova UBS tem capacidade para 300 atendimentos diários

Jornal de Humaitá19 19America/Manaus novembro 19America/Manaus 2017

Alunos de 23 escolas estaduais participam de mostra sobre educação para um trânsito seguro

Jornal de Humaitá18 18America/Manaus novembro 18America/Manaus 2017

Comitiva Parlamentar realiza visita a BR-319

Jornal de Humaitá18 18America/Manaus novembro 18America/Manaus 2017

Justiça Eleitoral realiza treinamento com membros de mesa que atuarão nas eleições do CREA-AM

Jornal de Humaitá18 18America/Manaus novembro 18America/Manaus 2017

Contrabando de cigarros paraguaios aumenta e provoca prejuízos ao Brasil

Jornal de Humaitá18 18America/Manaus novembro 18America/Manaus 2017

Como preparar a equipe de atendimento para as demandas da Black Friday

Jornal de Humaitá18 18America/Manaus novembro 18America/Manaus 2017
Seja bem vindo.

Categorias

Arquivos

Copyright © 2017 Jornal de Humaitá