Os estudantes Lucas Bacelar, Nathan Carvalho e Fernanda Gabriele, todos da rede pública estadual de ensino, são os representantes do Amazonas no Programa Jovem Embaixador 2018 e viajam para Washington em janeiro. Depois de uma disputa duríssima, com 1.065 candidatos inscritos, os vencedores comemoram a qualificação e estão ansiosos para viajar aos Estados Unidos da América (EUA). O intercâmbio começa dia 9 de janeiro e vai até 4 de fevereiro de 2018. Durante esse período, eles irão aprimorar a Língua Inglesa e conhecer a cultura dos EUA.

Os Jovens Embaixadores foram recebidos pelo secretário de Estado de Educação e Qualidade do Ensino, professor José Augusto, na sede da SEDUC. O titular da pasta parabenizou os alunos e exaltou a importância da parceria. “Programas dessa natureza serão cada vez mais priorizados na Gestão do Governador Amazonino Mendes, pois contribui na formação dos nossos jovens e qualifica, ainda mais, as futuras lideranças do Estado”, destacou o secretário.

Na avaliação dos três alunos, o programa é uma oportunidade ímpar na vida para aprimorar, não só a segunda língua, mas também as relações sociais e a visão de mundo. “Estou muito feliz pela oportunidade de viajar para os EUA representando o Amazonas e o Brasil. Essa responsabilidade é grande, porém muito gratificante. Agradeço ao Governo do Amazonas e à Embaixada pela chance”, ressaltou a aluna Fernanda Gabriele, da Escola Estadual Waldock Frick Lira (Colégio Militar da Polícia Militar 3). O aluno da Escola Estadual Eliana de Freitas CMPM 6), Lucas Bacelar, também disse estar muito animado com a experiência internacional que se aproxima. “Agradeço a todos que proporcionaram essa viagem para nós e vamos representar com orgulho nosso estado e o Brasil”, afirmou. Para o aluno da Escola Estadual Senador João Bosco Ramos de Lima, Nathan Carvalho, esses programas são um incentivo a mais para os alunos. “As iniciativas do Governo em firmar parcerias dessa natureza demonstram a prioridade com a Educação e, dessa forma, o Estado só tende a se fortalecer”, elogiou o estudante.

PROJETO DE SUCESSO

A Embaixada dos Estados Unidos divulgou o resultado final, com a lista dos 50 estudantes selecionados, no dia 31 de outubro. O programa contempla pelo menos um representante de cada estado brasileiro. O anúncio foi feito pelo Canal Futura após uma entrevista com o cônsul geral dos EUA no Rio de Janeiro James Story e três jovens participantes de edições anteriores do programa.

O Programa Jovens Embaixadores, intercâmbio estudantil de três semanas nos EUA, seleciona jovens da rede pública brasileira, de 15 a 18 anos, que são exemplos em suas comunidades em virtude de sua capacidade de liderança, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa.

Desde 2003, 522 jovens brasileiros já participaram do programa, que tem como parceiros o Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, além das empresas FedEx, MSD, Microsoft, Bradesco, IBM e Boeing Brasil. O Programa Jovens Embaixadores é hoje realizado em todos os países do continente americano conta, ainda, com um programa inverso para jovens norte-americanos representarem os EUA na América Latina.

Foto: Eduardo Cavalcante/SEDUC

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Jornal de Humaitá
Comments are closed.

Leia mais

Escolas do Amazonas são destaques com bons resultados na aprendizagem

Através do mapeamento de escolas com bons resultados, realizado pela Fundação Lemann, a re…