dezembro 6, 2021

Jornal de Humaitá

اعثر على أحدث المقالات وشاهد البرامج التلفزيونية والتقارير والبودكاست المتعلقة بالبرازيل

Acidente de ônibus da Bulgária mata dezenas

Sófia, Bulgária – Pelo menos 45 pessoas morreram quando um ônibus pegou fogo em uma rodovia no oeste da Bulgária na terça-feira, disseram autoridades.

De acordo com o Ministério do Interior da Bulgária, o ônibus transportava 52 pessoas, incluindo 12 crianças, por uma faixa de segurança na rodovia perto da vila de Bosnek, no oeste da Bulgária, disse o Ministério do Interior da Bulgária.

O veículo tinha placa do norte da Macedônia, e o ministério disse que faria uma viagem de fim de semana com três outros ônibus de Istambul a Skopje, capital do norte da Macedônia.

Segundo relatos locais, algumas pessoas pularam as janelas do veículo para escapar do incêndio. As vítimas incluem o motorista e várias crianças pequenas.

Fotografias tiradas da cena mostram os restos queimados do ônibus na beira da estrada.

O ministro do Interior da Bulgária, Baiko Rashkov, visitou o local do acidente na terça-feira. “A imagem é assustadora”, disse ele aos repórteres, acrescentando que os corpos das vítimas ficaram cinza e era difícil identificá-los. “Eu nunca vi nada parecido antes.”

Sete sobreviventes, incluindo uma adolescente, foram levados para o Hospital Byrokov em Sofia com queimaduras e ferimentos, de acordo com Maya Argirova, chefe da clínica de queimados do local. Disse a repórteres. Os feridos estão em boas condições e serão levados para Skopje quando estiverem totalmente recuperados, disseram funcionários do hospital.

O primeiro-ministro da Macedônia do Norte, Joran Save, foi hospitalizado na terça-feira.

“É uma tragédia terrível, porque muitos deles são crianças”, disse ele. Zaev disse das vítimas, ele quebrou o vidro do ônibus e falou com um dos feridos que ajudou muitos a escapar. “Ele explicou que eles estavam dormindo no ônibus e então ouviu uma grande explosão”, disse ele. Salve disse.

READ  Rio atmosférico de nível 5 desencadeia inundações na Califórnia atingida pela seca

A causa do incêndio ainda não é conhecida, mas as autoridades búlgaras disseram que estão trabalhando rapidamente para investigar o acidente.

De acordo com Stanislav Vladimirov, prefeito da cidade búlgara de Bernik, os acidentes são comuns por causa das estradas perigosas.

“Este também é um dos caminhos mais difíceis do país”, disse ele aos repórteres. “A estrada até lá é de uma qualidade muito íngreme.”

A Bulgária tem a segunda maior taxa de mortalidade no trânsito da União Europeia, depois da Romênia. De acordo com o Eurostat, Instituto de Estatística do bloco. Em 2019, foram registradas 90 mortes no trânsito por milhão de pessoas na Bulgária. A média da UE nesse ano foi de 51 por milhão.

Em 2018, Ônibus turístico com 33 peregrinos O acidente no caminho para o mosteiro vindo de um vilarejo ao norte de Sofia matou pelo menos 16 pessoas e feriu outras 26.