O número de passageiros no aeroporto aumentou 500%

O número de passageiros nos aeroportos em Portugal continua a aumentar, as restrições de viagem são flexibilizadas e o Alcarve aumentou mais de 1.500 por cento.

O número de passageiros movimentados nos aeroportos nacionais aumentou 500,3 por cento nos primeiros quatro meses de 2022, face ao período homólogo de 2021.

“Nos primeiros quatro meses de 2022, o número de passageiros aumentou 500,3 por cento (-19,4 por cento em relação ao mesmo período de 2019), continuando a tendência para níveis pré-epidêmicos”, disse a agência nacional. ‘Números de tráfego de vôo rápido’ para o mês de abril deste ano.

Em abril, o Aeroporto de Lisboa movimentou 51,8 por cento (6,9 milhões) do total de passageiros e registou um crescimento de 526,2 por cento face a igual período de 2021 (23,0 por cento face a igual período de 2019).

Considerando os três aeroportos com maior tráfego anual de passageiros, o Faraó registou o maior aumento (+1.566,9 por cento).

viajantes franceses

Entre janeiro e abril de 2022, com o número de passageiros desembarcando aumentando 445,8% e o número de passageiros embarcando crescendo 371,8% em relação ao mesmo período de 2021, a França foi a principal origem e destino das aeronaves.

A Inglaterra está em segundo lugar e a Espanha em terceiro.

Só em abril de 2022, 18.600 aeronaves comerciais desembarcaram nos aeroportos nacionais, movimentando 4,9 milhões de passageiros (embarque, desembarque e transporte direto) e 18.300 toneladas de carga e correio.

Em abril de 2022, a média diária de chegadas aos aeroportos nacionais foi de 83.800 (59,4 mil no mês anterior), próximo do nível verificado em abril de 2019 (89,6 mil).

Considerando o número de passageiros que desembarcaram em abril, 81,5 por cento correspondiam ao transporte internacional (62,3 por cento no mesmo mês de 2021), maioritariamente provenientes do continente europeu (70,6 por cento do total).

READ  Dion Sanders Lands Recruta Travis Hunter no estado de Jackson

Quanto ao embarque de passageiros, 80,6 por cento correspondem ao transporte internacional (59,8 por cento em abril de 2021), sendo o principal alvo os aeroportos do continente europeu (70,6 por cento no total).

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Jornal de Humaitá