Turista irlandês morre afogado na frente de parceiro português no Algarve

O homem de 52 anos lutou na Praia de Inadell, no popular balneário de Albufeira, junto ao complexo hoteleiro que lhe dá nome.

O homem de 52 anos lutou na Praia de Inadell, no popular balneário de Albufeira, junto ao complexo hoteleiro que lhe dá nome.

O alarme foi dado pouco antes das 13h, horário local, de hoje.

Dois portugueses saltaram ao mar e tentaram ajudar, mas tiveram dificuldades. Eles foram resgatados com vida, mas não conseguiram salvar os turistas irlandeses.

Seu parceiro na praia estava sendo apoiado por psicólogos após a experiência traumática, disse a polícia.

O falecido não foi identificado.

Eduardo Luis Pusadas Coutinho, chefe da polícia marítima local e capitão do porto de Portimão, perto de Albufeira, confirmou a idade e a nacionalidade.

Ele disse: “O homem estava na água, perturbado pelas ondas e correntes.

“Dois portugueses que estavam na praia saltaram para a água para ajudar, mas tiveram dificuldades.

“Dois salva-vidas de uma praia próxima, conhecida como Praia dos Pescadores, correram para o local e puderam ajudar os três nadadores.

“Dois cidadãos portugueses foram resgatados com vida, mas o terceiro homem não apresentava sinais de vida quando foi retirado da água.

“Os salva-vidas realizaram RCP até que os bombeiros e paramédicos chegaram e assumiram o controle, mas não conseguiram salvá-lo.

“Psicólogos da polícia confirmaram que o companheiro da vítima também estava na praia e ofereceram-lhe apoio especializado”.

Ele acrescentou: O mar está muito agitado. Desde ontem estamos em meio a fortes ondas e avisamos com precisão os marinheiros.

“As recentes tempestades deixaram as praias arenosas muito nuas, criando pântanos e fundos rochosos que podem surpreender os banhistas, e alertamos sobre isso”.

Na manhã de segunda-feira, o britânico de 30 anos foi encontrado morto nos Apartamentos Turísticos Orada, perto da Marina de Albufeira.

READ  Bilionário russo-israelense Abramovich Chelsea FC vendido por Portugal

Acredita-se que ele tenha saído para uma festa na noite anterior. Fontes policiais disseram que ele foi encontrado no banheiro do andar de cima de seu apartamento, com muito vômito ao seu redor.

Um homem, que se acredita ser um amigo britânico, com quem dividia o apartamento, ligou para os serviços de emergência para relatar um problema, mas saiu antes da chegada de ajuda.

Relatórios locais naquele dia disseram que a polícia acreditava que o homem morto sabia que tinha problemas e foi ao aeroporto pegar um voo, sem perceber que seriam fatais.

Os resultados da autópsia não foram divulgados, mas a polícia disse que a morte estava relacionada a um problema de saúde e acredita-se que não a esteja tratando como crime.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Jornal de Humaitá