Amazonas

Espetáculo musical “Os Saltimbancos” retorna ao Teatro Amazonas no Dia das Crianças

Espetáculo musical “Os Saltimbancos” retorna ao Teatro Amazonas no Dia das Crianças
Geovanni

Uma montagem que foi recorde de público no ano de 2015 e um verdadeiro sucesso entre crianças, jovens e adultos, o espetáculo musical infantil “Os Saltimbancos”, retorna ao palco do Teatro Amazonas na quarta-feira (12), em dois horários, 18h e 20h, com entrada franca, para celebrar, em grande estilo, o Dia das Crianças.

Uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, a peça “Os Saltimbancos” é considerada uma das mais expressivas obras de teatro musical dedicada ao público infantil, no Brasil, e narra as aventuras de quatro bichos que, sentindo-se explorados por seus donos, resolvem fugir para a cidade e tentar a sorte como músicos.

Com o envolvimento de todo o núcleo de artes do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, o espetáculo terá a encenação de 116 alunos no projeto, com arranjos musicais feitos pela coordenação de música do Liceu e criados especialmente para a produção, participação dos corais infantis, formando um grande time de artista que voltam a mostrar seu talento no mês dedicado às crianças. Todo o arranjo musical, coreografia e figurinos foram feitos para a produção do Liceu, que é considerada uma das melhores sobre o espetáculo, já realizadas no Brasil.

A direção geral e concepção é do professor Jorge kennedy, direção musical e regência do maestro Davi Nunes, direção de teatro, Tiago Oliveira, coordenação coreográfica de Baldoíno Leite, coreografia de Kelson Nunes e Michel Magalhaes, preparação vocal de Misael Printes, regência de corais de Hugo Pinheiro e Hilo Carriel, Orquestra de Cordas de Elena Koynova, Orquestra de Sopros de Oromides Souza e coordenação geral de Cristiana Brandão.

A fábula musical foi traduzida e adaptada para o português por Chico Buarque de Hollanda em 1977, da peça teatral de Sergio Bardotti e Luis Enríquez Bacalov, que por sua vez haviam feito uma adaptação do conto “Os Músicos de Bremen”, dos irmãos Grimm, como uma alegoria política, na qual o Burro representaria os trabalhadores do campo; a galinha, a classe operária; o cachorro, os militares e a gata, os artistas. O barão, inimigo dos animais, seria a personificação da elite, ou dos “detentores do meio de produção”.

“Ficamos imensamente felizes com a recepção do público que, ano passado, compareceu em peso ao Teatro e pediu bis. Isso mostra a qualidade do trabalho desenvolvido pelos nossos jovens artistas, com a orientação acertada dos profissionais do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro”, declarou o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga.

Para mais informações sobre outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse facebook.com/culturadoamazonas e o Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br).

Comentários

Comentários

Amazonas

More in Amazonas

PDT festeja 35 anos de história nesta quinta-feira

Jornal de Humaitá26 de maio de 2017

Alessandra Campêlo e Maria do Teixeirinha unidas por Canutama

Jornal de Humaitá26 de maio de 2017

Prevenção à intolerância é tema de Mesa Redonda na Aleam

Jornal de Humaitá23 de maio de 2017

Polícia apreende 20 kg de maconha do tipo skunk no bairro Glória

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Alessandra Campêlo articula reunião no Comando da PM para discutir promoções

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Universo infantil na música erudita está em ‘Canções de Ninar’, quarto espetáculo da série Recitais Ambev

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Empresas com IPVA em atraso são notificadas pela Sefaz

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Maués cria política inovadora para aumentar produção do guaraná

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Policiais militares de Boa Vista do Ramos detêm integrantes de bando criminoso

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017
%d blogueiros gostam disto: