O nível do rio já chega a 16,46 cm, o que indica 33 cm acima do nível máximo da cheia do ano passado.

Humaitá-AM – Com chuvas constantes o nível do rio Madeira subiu aproximadamente 20 cm nos últimos três dias, e coloca cerca de 60 famílias que moram nas proximidades em alerta. Porém algumas famílias se recusam a sair das casas. O nível do rio já chega a 16,46 cm, o que indica 33 cm acima do nível máximo na cheia do ano passado.

Segundo fontes da Prefeitura, a situação mais critica é no Bairro de Santo Antônio e de Nossa Senhora do Carmo (Popularmente Bairro da Olaria), onde ruas e casas estão completamente alagadas. Também existi situações com água na porta ou próximas de casas isoladas pela cheia. Para ajudar os moradores, a Prefeitura de Humaitá construiu algumas passarelas em cima das ruas para o trafego de pedestres e ciclistas. Também retirando alguns moradores em situações de riscos.

Algumas tiveram que deixar suas casas para seguir para a casa de parentes, mas não há registro de desabrigados (famílias que foram levadas para abrigos públicos). Também não há registro de desaparecidos, pessoas feridas ou óbitos causados pela cheia.

Apesar da previsão de mais chuva no estado, a Defesa Civil afirma que essa é uma enchente localizada. O nível do Rio Negro também está em elevação, mas dentro da normalidade esperada para o período.

Outras seis cidades do Amazonas decretam emergência entre elas Itamarati (AM), Ipixuna (AM), Eirunepé (AM), Guajará (AM), Apuí (AM) e Envira (AM). Nesses municípios, ainda segundo a Defesa Civil, cerca de 4,5 mil (quatro mil e quinhentas) famílias foram afetadas. Também os estados visinhos do Acre e Rondônia sofrem com as cheias.


Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Leia mais

‘DÃO’ é preso novamente por Tráfico de Drogas

Força Tática do 4ºBPM efetuou a detenção de PEDRO BRAGA RAMOS vulgo ‘DÃO’, …