13-04-2016 VIDEOCONFERÊNCIA - CAMPANHA DE VACINAÇÃO - FOTO NATHALIE BRASIL (5)
Diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque, informou que as doses de vacina recebidas pelo Ministério da Saúde já estão sendo distribuídas para os municípios do interior. (FOTO: NATHALIE BRASIL)

O Amazonas terá pelo menos 900 mil pessoas imunizadas durante a campanha de vacinação para o combate da Influenza A (H1N1) deste ano. A campanha ocorre entre os dias 30 de abril e 20 de maio. A ação deverá ser antecipada nos municípios mais afastados e de difícil acesso do interior do Estado.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque, as doses de vacina recebidas pelo Ministério da Saúde já estão sendo distribuídas para os municípios do interior. As instruções sobre os procedimentos da campanha foram feitas na manhã desta quarta-feira (13) por meio de videoconferência, transmitida simultaneamente para secretários municipais de saúde e técnicos do Estado.

“Hoje nós vivemos uma situação que preocupa a Saúde Pública, principalmente nos estados do Norte e do Nordeste. Por isso, nós estamos aqui para conversar com nossos secretários e preparar essa grande mobilização no interior, que é muito importante pelas zonas rurais. Assim, mais uma vez, vamos bater nossa meta de imunização que é de 80% da população estimada”, afirmou Bernardino Albuquerque.

A vacina protege contra os vírus H1N1, H3N2 (ambos da Influenza A) e duas variantes genéticas da Influenza B. No Amazonas, que registrou este ano dois casos da doença, todos os postos de atenção básica da capital e do interior receberão as mais de um milhão de doses que serão disponibilizadas pelo Ministério da Saúde. Não houve registro da doença em 2015.

Grupos prioritários – Bernardino ressalta que a campanha de vacinação contra a influenza tem como público-alvo os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde formados pelas grávidas; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); crianças a partir de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com mais de 60 anos; trabalhadores da saúde; população privada de liberdade; bem como doentes crônicos.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de etiologia viral, que pode levar a complicações graves e ao óbito. Para preveni-la, é importante manter os hábitos saudáveis de higiene, como  lavar as mãos sempre e manter os ambientes arejados. Bernardino explica que a criação de anticorpos ocorre entre duas e três semanas após a aplicação da vacina. “Por isso, é importante que as pessoas procurem a vacinação no período da campanha”, frisou.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Leia mais

Técnicos da Susam percorrem municípios, implementando as ações do plano de reconstrução da rede de saúde no interior

Os técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) já completaram este mês 18 municípios…