Energias renováveis ​​representam 88% do consumo de eletricidade em Portugal em janeiro WKZO | Todos Kalamazoo

LISBOA (Reuters) – As energias renováveis ​​representaram 88% do consumo de eletricidade de Portugal em janeiro, já que chuvas fortes e boas condições eólicas e solares permitiram que usinas a gás reduzissem drasticamente o uso, disse a operadora de rede REN nesta quarta-feira.

A meta é gerar 80% do consumo anual de eletricidade até 2026, contra 60% em 2022, já uma das taxas mais altas da Europa.

Os países europeus estão apostando cada vez mais nas energias renováveis, especialmente depois que os preços do gás atingiram recordes em 2022 após a invasão russa da Ucrânia, principal fornecedora de gás da Europa.

Em comunicado, a REN referiu em janeiro deste ano que “as condições climatéricas foram favoráveis ​​às renováveis, que são mais produtivas”.

As fortes chuvas impulsionaram a geração hídrica, que respondeu por 51% do consumo total em janeiro, enquanto a eólica respondeu por 28% e a solar por 4%.

Como resultado, a geração de eletricidade nas usinas a gás caiu 64% no mesmo mês.

Portugal tem 8,8 GW de capacidade hidrelétrica, 13,3 GW de energia eólica offshore e 3,1 GW de energia solar, todos representando 87% de sua capacidade total instalada.

A REN informou que o consumo total de eletricidade aumentou 4,1% para 4.833 gigawatts-hora (GWh) em janeiro face ao mesmo mês do ano passado, sendo 88% abastecido por fontes renováveis.

Em janeiro de 2022, a eletricidade renovável fornecia apenas 52% do consumo total de eletricidade.

(Reportagem de Sergio Gonçalves; Edição de David Latona e Alistair Bell)

READ  Alemanha adere ao projeto de hidrogénio verde H2MED, que inclui Portugal

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Jornal de Humaitá