Farrow abre novo “Centro de Adoção de Animais”.

O investimento de 1,4 milhões de euros tem capacidade para 170 cães e gatos

Um novo Um centro municipal para resgatar animais vadios e prepará-los para adoção Foi inaugurado hoje pela Câmara Municipal de Faro com um investimento de 1,4 milhões de euros. O “Centro de Recolha” tem capacidade para 170 cães e gatos.

“O objetivo é criar condições para que os animais vadios do município sejam tratados, cadastrados e depois devolvidos à população”, disse o prefeito Rogério Bagalhão (PSD).

O centro, localizado na zona rural de Guilhim, no interior da freguesia de Santa Bárbara de Nex, “preenche um vazio que se faz sentir em Faro há décadas”, referiu.

Os residentes locais há muito insistem na necessidade de tal instalação, pois o município ainda sofre com “matilhas problemáticas de cães”.

Antes da abertura do centro, Farrow não tinha capacidade para receber e tratar animais vadios. Eles foram tratados em clínicas e depois entregues a uma sociedade de bem-estar animal.

Agora “vai ser diferente”, disse Ruben Geronimo, veterinário municipal responsável pelo centro.

“Podemos receber animais, atender rapidamente, tratá-los e, se não tiverem identificação eletrônica – muitos animais não têm -, são encaminhados para vacinação, esterilização e adoção. Pode ser feito aqui, mas vamos continuar a contar com associações e canis parceiros”, afirmou.

O processo de construção deste novo centro começou em 2014 e houve todos os tipos de percalços.

O autarca acredita que ‘tudo mudou’ a partir de hoje: “A partir de hoje vamos ter um município mais sustentável, amigo do ambiente e amigo dos animais”, afirmou.

READ  Bill Cosby: Os advogados pedem ao Supremo Tribunal dos EUA que reconsidere o caso contra o comediante | Bill Cosby

O centro pode acomodar até 120 cães e 50 gatos, mas atualmente abriga apenas sete internos.

A estrutura contará com áreas de circulação externa; Dois playgrounds para animais, além de áreas administrativas, terapêuticas e veterinárias.

A obra vai acelerar a campanha municipal ‘CED – Captura-Esterilizar-Devolver’, que visa esterilizar gatos, que é “outro grande problema do município”, disse Ruben Geronimo.

Fonte: Lusa

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Jornal de Humaitá